Cachorra resgatada ‘se emociona’ ao ganhar seu primeiro presente

Foi no último Natal. Uma cachorra resgatada se emocionou ao ganhar presente pela primeira vez.

As recordações de Natal fazem parte das memórias da maioria das pessoas. A época estimula a proximidade e o dar e receber presentes contribui para fortalecer laços de amor e amizade. Isto é especialmente verdadeiro quando se trata do primeiro presente, como aconteceu com esta cachorra.

A peluda – uma cachorra de porte médio sem raça definida que exibe uma bonita pelagem castanha – não teve um bom início de vida. Ela foi abandonada e perambulou pelas ruas durante alguns anos, até que foi recolhida a um abrigo.

A cachorra foi tratada, recebeu acompanhamento veterinário, recuperou a saúde e a beleza. Em alguns meses, ela estava pronta para começar uma nova etapa – desta vez, de forma mais alegre e saudável.

Uma família visitou o abrigo e encantou-se pela cachorra. Em pouco tempo, a documentação para a adoção foi providenciada e a cachorra foi recebida em um lar responsável e amoroso. Além dos humanos, ela também ganhou dois irmãos de quatro patas.

cachorra-resgatada-ganha-o-primeiro-presente

Então é Natal

A cachorra ainda tinha um longo caminho a percorrer. Cães que vivem nas ruas são naturalmente ariscos e desconfiados. Eles receberam maus tratos e tiveram de criar estratégias de sobrevivência, que não são fáceis de conquistar entre a adversidade do clima e os perigos das metrópoles.

Pouco a pouco, a cachorra foi se adaptando ao novo lar e aprendeu a dar e receber amor. Mas ela não poderia prever que as condições de vida melhorariam ao ponto de ganhar presentes. Felizmente, a entrega do primeiro presente de Natal foi filmada e postada nas redes sociais.

É possível observar uma menina aproximando-se com um grande pacote, enfeitado com um belo papel de presente com motivos natalinos. Inicialmente, a pequena tutora se mostra mais excitada da cachorra, que parece não entender o que está acontecendo.

cachorra-resgatada-ganha-o-primeiro-presente

Cachorros adoram “abrir” pacotes. Quanto mais vistosos, brilhantes e espalhafatosos, melhor. Mas a cachorra resgatada não fazia ideia de que aquilo era um presente – ainda menos que era um presente só para ela.

A menina traz o pacote e a primeira reação da cachorra é se afastar. Ela está em cima do sofá, o que indica que já tinha algumas liberdades na casa nova. Mesmo assim, imaginar-se a destinatária do presente estava além das suas pretensões.

A tutora começa a desembrulhar o pacote e a cachorra fica sem reação, sem saber exatamente o que fazer. Mimos e agrados já fazem parte da rotina, mas ela ainda custa a entender que toda a atenção é para ela.

Os dois irmãos de quatro patas já parecem acostumados a cenas parecidas. Eles correm de um lado para outro, tentando antecipar a surpresa. A cachorra resgatada, contudo, demora a perceber que o presente é para ela.

Finalmente, o papel de presente é retirado (ou, melhor dizendo, destruído) e surge uma bela caminha de cachorro. É apenas um colchonete simples, cinza com alguns enfeites mais claros. Para a cachorra, no entanto, é um tesouro, onde ela pode descansar, tirar as suas sonecas e partilhar com os outros peludos da casa.

cachorra-resgatada-ganha-o-primeiro-presente

As cenas do presente de Natal foram postadas no Rumble, uma plataforma de compartilhamento de vídeos criada em 2013 por um empresário canadense. A plataforma é aberta: basta baixar o aplicativo, registrar-se e começar a partilhar as imagens com outros internautas.

O vídeo da surpresa recebeu uma trilha sonora totalmente adequada: “Jingle Bells”, do americano James Lord Pierpont. A música é uma das mais populares no Natal: composta em 1857 (portanto, há mais de 160 anos), ela continua sendo executada todos os anos, sempre que dezembro se aproxima.

Algumas curiosidades: a música, lançada em setembro daquele ano, foi composta originalmente para celebrar o Dia de Ação de Graças, comemorado em novembro. No Brasil, ela recebeu uma versão em português em 1941, composta por Evaldo Rui e lançada em disco de 78 rpm (as novas gerações não fazem ideia do que seja isso).

A cachorra teve um Natal à altura. Ela, como todos os seres, merece ser amada, mimada e cuidada. Muitos cachorros, no entanto, continuam esperando novas chances. Eles estão em abrigos ou mesmo nas ruas, aguardando uma família calorosa que os acolha.

Não é preciso dar presentes, apenas atenção, cuidado e amor, além de alimento e agasalho. Mas, se os presentes surgirem, como aconteceu com a cachorra do vídeo, os peludos aceitam com muito prazer.

VEJA TAMBÉM: Pitbull fica grávida de pinscher miniatura e recupera saúde após cirurgia

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas