InícioHistórias FelizesCachorro de rua vê outro cão preso e se esforça para libertá-lo

Cachorro de rua vê outro cão preso e se esforça para libertá-lo

Ele encontrou o colega preso a uma cerca e não teve dúvidas: esforçou-se para tirá-lo do cativeiro.

O fato aconteceu em Novorossiysk, um dos principais portos da Rússia, e foi testemunhado por um fotógrafo local. Dimitri Timchenko estava com um amigo na área comercial da cidade, quando observaram um cachorro da raça pitbull amarrado na entrada de uma loja.

O animal provavelmente havia sido preso pelo tutor, enquanto este fazia compras, mas um transeunte especial decidiu que aquilo não era uma forma digna de manter alguém.

cachorro-de-rua-ve-um-colega-preso-e-se-esforca-para-liberta-lo

Operação resgate

O transeunte em questão é um cachorro sem raça definida que vive nas ruas de Novorossiysk.

Ele se deparou com o colega preso a uma cerca e não teve dúvidas: estabeleceu um plano e tratou de libertar o amigo com rapidez.

O vira-lata não percebeu que o colega estava apenas esperando o tutor sair da loja. Para ele, o novo amigo estava acorrentado a uma cerca e não merecia este tipo de tratamento. De acordo com as reações observadas por Dimitri, o cachorro estava realmente preocupado.

cachorro-de-rua-ve-um-colega-preso-e-se-esforca-para-liberta-lo

Com o plano em mente, o vira-lata se aproximou do “prisioneiro”, que esperava o tutor pacientemente, e começou a afrouxar o nó que prendia a corrente à cerca, mantendo o amigo em uma espécie de cárcere nem um pouco privado.

O resgate do resgate

Em pouco tempo, o pitbull estava liberto. O vira-lata havia conseguido desatar o nó, rompendo as algemas que impediam o colega de gozar a liberdade. Depois de algumas cheiradas de identificação, o cachorro de rua convidou o novo amigo para dar uma volta pela cidade.

O pitbull parecia um pouco relutante, mas quando Dimitri percebeu que ele iria se afastar da loja, ele e o amigo precisaram interferir. Ele não poderia deixar o desconhecido terminar as compras, sair da loja e descobrir que o companheiro havia fugido.

cachorro-de-rua-ve-um-colega-preso-e-se-esforca-para-liberta-lo

Enquanto o amigo ficou tomando conta dos dois cachorros, Dimitri entrou na loja, conversou com o gerente e conseguiu chamar o tutor, pelo sistema de alto-falantes, até a entrada do estabelecimento. O tutor largou o que estava fazendo e rapidamente foi descobrir o que os peludos estavam fazendo na rua.

Tudo não passou de um grande mal-entendido. O tutor reviu o cachorro, certificou-se de que estava tudo bem, agradeceu a Dimitri e ao amigo e voltou às suas ocupações. Toda a cena foi filmada e as imagens foram postadas nas redes sociais.

O vira-lata provavelmente não entendeu nada do que havia acontecido. Ele observou o colega sendo preso novamente à cerca e deve ter ficado se perguntando por que alguém preferiria o cárcere à liberdade.

Esperando um final feliz

As imagens de Dimitri foram curtidas e comentadas por dezenas de internautas e atraíram a atenção da imprensa. O fotógrafo russo disse aos repórteres que já conhecia o vira-lata, que está sempre perambulando pelo centro de Novorossiysk.

“Já vi esse cachorro vira-lata pelas ruas da cidade muitas vezes. Ele parece estar bem de saúde e sempre usa as faixas de pedestres para atravessar as ruas. É um cachorro muito esperto,” contou o jovem em entrevista.

Além de esperto, o vira-lata de Novorossiysk sabe o valor da solidariedade e tem um bom coração. Ao ver um peludo amarrado, sem nenhum humano por perto, ele concluiu que o colega precisava de ajuda – e fez o seu melhor, mesmo que, para isso, ele quase tenha deixado um tutor desesperado com a perda do companheiro.

Ele também demonstrou ser portador de muitas habilidades. A destreza com que desfez o nó e libertou o pitbull pode ser vista no vídeo e mostra a agilidade e tenacidade do vira-lata – mesmo que o pitbull não precisasse nem quisesse ser libertado: foi apenas um erro de cálculo, mas não de estratégia.

E enquanto este cachorro continua perambulando pelas ruas, atento aos sinais de trânsito para evitar acidentes e sempre ocupado em encontrar alimento e abrigo, nós esperamos que algum humano, com um coração tão bom quanto o deste peludo, possa encontrá-lo e levá-lo para casa.

Amigos são raros e a lealdade canina não é uma virtude que possa ser desprezada. O cachorro russo tentou devolver a liberdade a um peludo desconhecido. Tomara que alguém o encontre e descubra que este companheiro fiel merece a chance de ter uma família.

Amaury Almeida Costa
Amaury de Almeida Costa ([email protected]) é redator publicitário há mais de 30 anos. Escreve para diversos blogs desde 2008. Presente nas redes sociais desde a época do Orkut, foi editor da revista Animanews, sucesso editorial do final dos anos 1990, que trazia informações sobre pets – além de cães, gatos e aves, trazia informações sobre répteis, anfíbios, peixes e invertebrados de estimação.
RELACIONADOS

Últimas Publicações