Cachorro ganha banquinho para ‘fofocar’ com os cães vizinhos

Por: em

Para superar um muro alto, cachorro sobe em banquinho para conversar com os vizinhos. 

Um cachorro ganhou um banquinho para poder observar o que aconteceu no quintal vizinho, cuja visão é encoberta por um muro alto. Ele aproveita o “auxílio” para observar os cachorros da casa ao lado, fofocar e colocar a conversa em dia. 

Seguir Cães Online no Facebook

De um lado do muro, estão Vito e Bambino, dois dogues alemães (um preto e outro arlequim)) que não têm problemas para espiar o quintal do vizinho – um macho da raça atinge facilmente os 85 cm de altura na cernelha e Freddy, o maior cachorro do mundo, de acordo com o Livro Guinness dos Recordes, era um dogue alemão (ele atingia mais de dois metros quando levantava as patas dianteiras). 

Cachorro ganha banquinho para 'fofocar' com os cães vizinhos
CRÉDITOS: ROBERT CARNES

Do outro lado, está Giuseppe. Ele não pode ser considerado pequeno – trata-se de um retriever do Labrador chocolate, e os cães da raça ultrapassam os 60 cm de altura. Mesmo assim, Giuseppe tinha dificuldades para superar o obstáculo e conversar com os colegas do outro lado. 

Giuseppe, Vito e Bambino 

Apesar dos nomes italianos, os três cachorros são americanos e residem em Boise, capital de Idaho (noroeste dos EUA). Em março de 2020, Giuseppe e Vito ganharam um novo vizinho, com a mudança da família de Bambino para a casa vizinha. 

A chegada de um cachorro diferente causou excitação entre os dogues alemães – afinal, novas amizades são sempre bem-vindas. Para o Labrador, no entanto, as coisas não saíram tão bem: ele não conseguia vir o que acontecia do outro lado. 

Cachorro ganha banquinho para 'fofocar' com os cães vizinhos
CRÉDITOS: ROBERT CARNES

O muro é muito alto e, de acordo com a fotógrafa Afton Tarin, tutora de Vito e Bambino, o cachorro vizinho ficava tentando pular e farejar os novos amigos. Então, a família de Giuseppe teve uma grande ideia: instalar um banquinho junto ao muro, para que o Labrador pudesse “conversar” livremente com os amigos, sem necessidade de pular ou seguir rastros. 

Robert Carnes, tutor do Labrador, diz que Giuseppe pulava furiosamente para tentar avistar o quintal ao lado e ele sempre pensava consigo mesmo: “Se pelo menos ele tivesse um banquinho…” Então, ele se lembrou de que tinha um banquinho sobrando.

Cachorro ganha banquinho para 'fofocar' com os cães vizinhos
CRÉDITOS: VITO.AND.BAMBINO

Os filhos de Robert encostaram o banquinho no muro e Giuseppe rapidamente entendeu a utilidade do móvel. Ele escalou o banco de plástico e conseguiu papear à vontade. Robert fotografou a cena e enviou o registro para Afton, que aprovou totalmente a ideia. 

Cachorro ganha banquinho para 'fofocar' com os cães vizinhos
CRÉDITOS: ROBERT CARNES

Ao The Dodo – site especializado em publicações sobre animais de estimação e domésticos, Afton declarou: “Minha reação inicial foi explodir de tanto dar risada. Vendo as patas estendidas e o rabo balançando, borrado na imagem, em função da velocidade frenética, eu não pude evitar. Tão curioso e fofo. Olhar a imagem traz uma sensação de bem-estar”. 

A amizade dos cães estendeu-se para as duas famílias humanas. Desde que o banco foi “inventado” junto ao muro, os dois tutores decidiram passear juntos com os três cães, que, em alguns minutos diários, não têm obstáculos para demonstrar o quanto se gostam. 

Cachorro ganha banquinho para 'fofocar' com os cães vizinhos
CRÉDITOS: VITO.AND.BAMBINO

As crianças se divertem e os vizinhos se tornaram mais próximos. Tudo por causa da curiosidade de Giuseppe e da disponibilidade de Vito e Bambino. Sem dúvida, este é o melhor relacionamento que humanos e caninos podem estabelecer. 

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News