Cachorro salva filhote de cervo que estava se afogando no rio

O cervo foi salvo do afogamento graças a ação do cachorro, que se tornou o herói do dia.

“Para servir e proteger”. Este é o lema dos cachorros, que estão sempre a postos para garantir a segurança e o bem-estar. Eles não são apenas os melhores amigos dos humanos, como mostra este vídeo, em que um cachorro pulou em um rio para salvar um filhote de cervo, que estava se afogando.

A operação de salvamento, que ocorreu em algum lugar da Índia, foi filmada e as imagens, postadas no Twitter, no final de janeiro de 2022. Desde então, o vídeo foi visualizado por dezenas de milhares de internautas. Nos comentários, a maioria aplaude o gesto desprendido do cachorro, que não pensou duas vezes antes de enfrentar a correnteza.

cachorro-salva-filhote-de-cervo

O resgate

No vídeo, é possível ver o cachorro herói saltando no rio e nadando velozmente em direção a um ponto indefinido. Ele havia identificado um bambi – um filhote de cervo – correndo sérios perigos. O animal vitimado estava gritando de medo, mas não tinha forças para voltar à segurança da margem.

O herói do dia atravessou metade do rio, agarrou o filhote de cervo pelo pescoço e puxou a vítima de volta. No áudio, é possível ouvir o tutor do cachorro incentivando a ação, estimulando o peludo a salvar o veadinho.

No final, o cachorro se certificou de que a vítima estava em segurança e recebeu um “bom menino”, por parte do tutor, como recompensa pelo gesto heroico. Pode parecer pouco, mas a melhor retribuição do bem está no próprio bem. O peludo sentiu-se ativo e útil ao salvar o filhote de cervo, e este sentimento certamente é a melhor recompensa para ele.

A bravura e o altruísmo do cachorro foram muito elogiados nas redes sociais. O gesto espontâneo recebeu milhares de elogios. Alguns enviaram beijos e abraços, enquanto outros, de forma exagerada, afirmaram que “os cães são as melhores coisas vivas deste universo”.

Mais salvamentos

Não é a primeira vez que um cachorro arrisca a própria vida para salvar outros animais. Além de vários peludos serem treinados por forças de segurança para auxiliar nas operações de resgate e salvamento, diversas ações espontâneas já foram registradas nas redes sociais.

Em 2021, um labradoodle (mestiço de poodle e retriever do Labrador) chamado Harley, que mora em uma fazenda na Virgínia (costa leste dos EUA) uma vítima – outro filhote de cervo – de afogamento em uma lagoa da propriedade.

O tutor, conhecido apenas como Ralph, também filmou as imagens e publicou-as no Facebook, angariando milhares de curtidas e compartilhamentos. Ralph fez questão de informar que, além de trazer o filhote à margem em segurança, Harley ainda fez questão de checar se o pequeno animal estava bem.

cachorro-salva-filhote-de-cervo

Em setembro de 2018, foi a vez de um cachorro de Brookhaven (Mississippi, sul dos EUA), também se arriscar para garantir a segurança e bem-estar de outro filhote de cervo. O golden retriever chamado Storm (“tempestade”, em inglês) também se tornou herói – e foi parar nas redes sociais.

O vídeo de Storm é narrado em off pelo tutor, Mark Freeley. O cachorro estava passeando com Mark quando avistou a vítima em apuros. Sem perder tempo, ele nadou até o veadinho, agarrou-o e o trouxe de volta em segurança.

Ao chegar à margem, o filhote de cervo ainda tentou se desvencilhar – afinal, para um veado, não há grande diferença entre um cachorro salvador e um lobo predador. Mas Storm o perseguiu, deitou-se ao lado do novo amigo e lambeu-o; somente depois o filhote correu para a segurança da mata.

Por que os cachorros se comportam assim?

Os cachorros são naturalmente gregários e zelam pela segurança, conforto e bem-estar de todos os membros do grupo – e também, eventualmente, de outros seres, desde que sejam considerados como não perigosos.

A natureza, na evolução da espécie, garantiu que os cachorros sobrevivessem auxiliando uns aos outros. Nas alcateias, os lobos exercem funções específicas, como montar guarda, caçar, proteger e educar os filhotes, limpar o acampamento, etc. E os cachorros trouxeram esta inteligência quando se integraram no convívio humano.

Por isso, é muito comum que os cachorros protejam a família humana – e também os gatos, aves e outros pets que façam parte do grupo. Os gestos podem não ser tão heroicos, como pular na água para salvar outro ser do afogamento, mas os nossos peludos estão sempre atentos, prontos para qualquer circunstância.

Isto inclui latir sem parar porque eles estão identificando barulhos estranhos vindos do corredor. Quase sempre, são vizinhos passando pela porta, mas eles não têm como saber disso. O importante é que os cachorros sempre sinalizam quando alguma coisa fora da rotina está acontecendo. Parabéns para eles, heróis conhecidos ou anônimos.

Veja o vídeo:

Postagens Relacionadas