InícioHistórias FelizesCachorro usado em brigas de rua encontra um lar cheio de amor

Cachorro usado em brigas de rua encontra um lar cheio de amor

Um cachorro usado em brigas de rua foi resgatado e emocionou-se ao ganhar afeto e atenção.

Histórias de cães abandonados e maltratados, infelizmente, são comuns. Alguns, como Spots – o nosso personagem central – são utilizados em brigas. Quando envelhecem ou adoecem, são descartados. Mas Spots conseguiu ser resgatado e não acreditava que outra vida era possível. As reações do peludo são emocionantes.

Spots é um pitbull, raça desenvolvida especialmente para os combates (o nome inglês significa “rinha de touros”, uma alusão às brigas com animais muito maiores que os cachorros). A vida deste cachorro sofreu uma transformação completa.

Guerra e paz

Spots (o nome significa “manchas”, em inglês) provavelmente passou toda a existência envolvido em brigas de rua. Os tutores o treinaram para o combate e ganhavam a vida com o dinheiro das apostas nas vitórias do cachorro.

Ele parece nunca ter sido muito bem tratado e já sofria com a desnutrição, a exposição ao clima e a falta de um treinamento que garantisse o equilíbrio emocional, mas o avanço da idade trouxe outras doenças. Afinal, Spots não era mais um filhote.

cachorro-de-briga-e-resgatado

O pitbull exibia feridas no pescoço, resultantes das correntes metálicas que o prendiam quando ele não estava “em serviço”. Os ferimentos e uma possível tendência genética favoreceram o desenvolvimento de um câncer de pele, que poderia tê-lo levado à morte.

Mas Spots conseguiu fugir, perambulou por um tempo pelas ruas de Salamanca (noroeste da Espanha), até ser encontrado e resgatado por Abigail Castro. O pitbull foi levado ao veterinário, tratado de forma adequada e recuperou a saúde.

Quando Spots chegou à casa de Abigail, ele chorava muito. Apesar de ser um cão combatente, ele se comportou muito bem. Ao inspecionar o animal, a nova tutora constatou que ele tinha muitas marcas de mordidas pelo corpo, além dos ferimentos em torno do pescoço.

No exame veterinário, constatou-se que Spots é um cachorro de três anos, com sinais evidentes de crueldade. Exames de laboratório identificaram uma anemia profunda e um câncer de pele. Apesar de ser jovem, o pitbull apresentava sintomas de desgaste físicos compatíveis aos de um idoso.

O cachorro recebeu os cuidados iniciais: vacinas e vermífugos, além de medicamentos para tratar os ferimentos na pele. Em seguida, Spots começou o tratamento contra o câncer, ao lado de um regime especial para recuperar o peso – ele estava tão magro que, ao passar a receber alimento regularmente, até a fisionomia começou a mudar.

Abigail já vivia com outros oito cachorros, mas não poderia deixar Spots sem apoio. Além disso, mesmo sentindo-se mal e enfraquecido, o peludo fazia questão de apresentar o seu melhor, talvez surpreso por haver outro tipo de relacionamento com humanos e cachorros.

O Spots atual

Hoje em dia, Spots está muito feliz. Ele adora jogar futebol com crianças, sai todos os dias para passear com a tutora e está livre das correntes e das brigas. O peludo é muito grato a Abigail, pelo resgate e pelo carinho que ele não sabia existir.

Acima de tudo, Spots é um cachorro muito agradecido por tudo que a vida está proporcionando a ele nesta nova etapa. Um fato emocionante foi descrito pela tutora, em entrevista ao site Bunko.pet.

A cama

Quando Abigail o levou para casa, Spots ganhou um cantinho especial para brincar. A tutora providenciou uma caminha confortável, da mesma forma como já havia feito com outros cães de rua que ela levara para casa anteriormente.

Depois de passar a vida inteira acorrentado e mal alimentado, exposto ao Sol, ao frio e à chuva, tendo de combater várias vezes a cada mês, Spots finalmente tinha uma casa e uma família. A caminha preparada para ele atraiu especialmente a atenção do peludo.

Foi um momento de muita emoção. Quando Abigail comprou a cama, ela não fazia ideia de que o móvel seria tão importante para o cachorro; ela apenas pensou em proporcionar o mesmo conforto que os demais cachorros da casa já tinham.

cachorro-de-briga-e-resgatado

Quando Spots viu a cama, inicialmente ele não conseguiu entender qual era a utilidade. Para quem sempre dormiu acorrentado no quintal ou nas ruas, uma cama parecia um luxo quase inconcebível. Mas o pitbull, hesitante, foi convidado a experimentar o conforto.

Abigail estimulou Spots a deitar-se na cama especialmente preparada para ele. Afinal, um cachorro bem comportado, obediente, carinhoso e responsável merece um espaço para chamar de seu. Quando finalmente se deitou, o cachorro começou a chorar.

A tutora, experiente na convivência com cachorros, pensou que o pitbull estava com os olhos irritados. Mas as lágrimas continuaram brotando, mesmo quando ela limpou o rosto de Spots. Ele estava emocionado e agradecido. Abigail afirma que raras vezes na vida passou por uma experiência tão gratificante.

Quando Spots foi recebido na casa de Abigail, muitas pessoas consideraram que era muito perigoso adotar um cachorro de briga. Mas o pitbull demonstrou não ser agressivo nem violento e, apesar de os cães da raça serem muito territorialistas, provavelmente o peludo aprendeu a compartilhar,  com as dificuldades da vida.

Spots adora crianças. Totalmente recuperado, ele é convocado pelos filhos dos vizinhos para as brincadeiras diárias: eles correm, jogam bola, puxam cabos-de-guerra. E os adultos precisaram se acostumar a ideia de que mesmo um pitbull “violento” merece uma segunda chance de ser feliz.

Cães Online
Cães Online tem por objetivo trazer informações confiáveis sobre os melhores amigos dos humanos. Nosso contato: [email protected]
RELACIONADOS

Últimas Publicações