Cadela resgatada faz encantadora sessão de fotos da maternidade

As imagens são tão fofas que a cadela recebeu nome de um doce popular nos EUA.

Quem trabalha com resgate de animais precisa ser forte, pois as situações do dia a dia podem ser muito impactantes. Por sorte, também há momentos de emoção e ternura, como os que esta cadela proporcionou ao dar à luz em um abrigo e mostrar ser uma excelente mãe.

Uma cadela mestiça de pitbull foi resgatada das ruas de Saint Louis (Missouri, na região centro-oeste dos EUA). Ela foi levada ao Gateway Pet Guardians, um abrigo em East Saint Louis, no Estado vizinho de Illinois – as duas cidades são separadas pelo rio Mississippi.

O acolhimento

A cadela não deu trabalho para os resgatadores. Depois de terem sido acionados por cidadãos que informaram sobre o animal perambulando nas ruas, eles conseguiram localizar a peluda e transportá-la com facilidade ao abrigo.

cadela-resgatada-da-a-luz-no-abrigo

No Pet Guardians, os veterinários notaram o ventre volumoso e submeteram a cadela a exames de raios-X. A gravidez foi constatada pelas imagens: oito cãezinhos estavam sendo gerados, um fato raro entre animais abandonados.

Os funcionários do abrigo documentaram toda a história da cadela – desde o resgate até o parto e os cuidados com os filhotes. As fotos foram sendo postadas na página do Pet Guardians do Tik Tok.

A cadela foi batizada como Skittles, um nome adequado para um animal doce e amoroso. Um dos vídeos, em que a peluda aparece dormindo tranquilamente em um pedaço de tapete vermelho, foi visualizado por mais de 1,5 milhão de internautas.

Os filhotes nasceram poucos dias depois do resgate. Todos os cãezinhos vieram ao mundo saudáveis, curiosos e muito ativos. Skittles revelou ser uma mãe desvelada. Ela amamentou todos os oito, sem necessidade de suplementação.

cadela-resgatada-da-a-luz-no-abrigo

As adoções

Durante dois meses, os cãezinhos permaneceram ao lado da mãe, aprendendo aos poucos a sobreviver no mundo. Quando passaram a se alimentar sem ajuda de Skittles, os animais começaram a aparecer nas listas de adoções do Pet Guardians.

Todos os oito cachorros – cinco machos e três fêmeas – encontraram famílias definitivas pouco tempo depois dos primeiros anúncios. Por fim, Skittles, já recuperada do período de adaptação, foi castrada e disponibilizada para adoção.

Os funcionários acreditavam que seria difícil encontrar um novo lar para a cadela mestiça. Os animais adultos não são muito procurados pelos candidatos, que dão preferência aos cães mais jovens.

Além disso, a cadela tem traços de pitbull – trata-se de um animal mestiço, mas ela é muito parecida com um cão de raça pura. Os pitbulls quase sempre ficam no final da fila de adoções, porque ainda são considerados agressivos e independentes demais.

A equipe do Pets Guardians chegou a incluir fotos de Skittles em sites de busca americanos, para aumentar as chances da cadela. Ela já era bastante conhecida por causa das postagens nas redes sociais.

cadela-resgatada-da-a-luz-no-abrigo

Felizmente, um mês depois dos primeiros anúncios, surgiu uma família interessada em dar um novo lar para a mestiça. Um casal viajou de Chicago, no norte do Estado, para conhecer Skittles, que já viajou para a casa nova logo depois da apresentação.

Em tempo: mesmo os cães doces como Skittles não devem receber petiscos açucarados. Balas, doces e chocolates contribuem para os peludos ganharem peso, com todos os problemas decorrentes da obesidade, e podem prejudicar os dentes e a pelagem.

Qualquer tipo de doce que leva açúcar, refinado ou não, é prejudicial aos cachorros. Em excesso, a glicose prejudica a circulação sanguínea, diminui a resistência da pele e, claro, facilita o ganho de uns quilinhos extras.

Produtos contendo xilitol (um adoçante artificial bastante popular), chocolate e uvas passas podem inclusive ser fatais para cachorros e gatos. O xilitol (presente em muitas gomas de mascar e cremes dentais, além de outros produtos – especialmente guloseimas) é extremamente tóxico. O chocolate é rico em teobromina, um alcaloide do cacau, que pode causar a morte.

Por seu lado, as uvas, frescas ou passas, são inteiramente contraindicadas para os cachorros: mesmo bagas sem sementes, ramos e gavinhas da videira prejudicam a coordenação motora, causam vertigem e descontrole muscular e também podem levar à morte.

Já os famosos Skittles, que emprestaram o nome para a cachorra resgatada em Saint Louis, também devem ser evitados. Uma ou duas bolinhas eventualmente não provocam muito estrago, mas tutores responsáveis devem dar preferência aos petiscos preparados especialmente para os cães – e, mesmo assim, com moderação.

Assista ao vídeo do ensaio e não esqueça de COMPARTILHAR!

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas