Os carrapatos podem estar na sua casa, parques, praças,entre outros. Confira algumas dicas e cuidados para evitar esses parasitas.

Você sabia que existem determinados lugares em que os cães ficam mais expostos aos carrapatos? Além de provocarem muita coceira, eles podem transmitir doenças. Por isso, o dono precisa ficar atento a presença desses parasitas nos cães. Que tal ficar por dentro de alguns locais que têm a presença desses aracnídeos?

Carrapatos: lugares que eles estão com frequência!

Passeios nos parques!

Você leva o seu melhor amigo para passear em parques? Eles são ótimos para os cachorros socializarem, correrem e se divertirem muito. Mas, também é um lugar que pode ter muitos carrapatos. Os parasitas podem estar em vários locais do ambiente: gramas, arbustos ou até em outros cães.

No quintal da sua casa

No próprio quintal da sua residência pode ter a presença desses parasitas. Por exemplo, algum cachorro com o parasita pode ter entrado no quinta da sua casa. Por isso, é preciso estar sempre atento.

Dentro de casa

Por mais que a residência seja limpa diariamente, esses parasitas podem estar dentro da sua casa. Por exemplo, você, seus amigos, familiares e outras visitas podem estar transportando o carrapato na bolsa, roupa, pele, entre outros locais.

Hotel para cachorro

Ao viajar, você costuma deixar o seu cachorro em um hotel? Nesses locais pode ter a presença de carrapatos devido à presença dos cães. Outro lugar que pode ser encontrado esses aracnídeos é na sala de espera de uma clínica veterinária.

Por isso, ao passear com o seu cachorro fique atento, principalmente, se ele apresentar sintomas como febre, falta de apetite, gengiva pálida, coceira, entre outras. Desta forma, é preciso levar o seu melhor amigo ao veterinário, para que ele possa indicar e orientar sobre o tratamento correto.

Além disso, se notar a presença desses parasitas no seu cachorro remova-os usando utilizando uma pinça ou uma luva descartável. Outra dica, é segurar o aracnídeo o mais próximo possível da superfície da pele do cachorro. Fazendo isso, a pessoa vai diminuir a possibilidade de separar a cabeça do carrapato do corpo, ao tentar retirá-lo.

Portanto, lembre-se de que os carrapatos são prejudiciais para a saúde do seu melhor amigo, porque além de causarem muita coceira, ele também poderá contrair doenças mais facilmente devido a hospedagem desses parasitas. Existem várias maneiras de acabar com esses parasitas e produtos específicos. Mas, é preciso consultar o veterinário, para que ele possa indicar os produtos certos e o tratamento adequado.

Gostou das dicas? Deixe a sua opinião aqui no blog para a gente!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui