Um cão pode nascer surdo, não ouvir por bloqueios em seu canal auditivo causados por cera em excesso e até desenvolver a surdez em função da genética. Algumas das raças mais belas que existem, como Dálmata, Boxer, Border Collie e Akita possuem uma grande predisposição para a surdez, o que não significa, é claro, que todos os cães destas raças ficarão surdos um dia.

Criar um cão surdo é perfeitamente possível, ao contrário de informações imprecisas proclamadas ao longo dos anos de que estes animais são agressivos em demasia e não conseguem aprender o que lhes é ensinado.

Um cão surdo precisa de cuidados como qualquer outro animal perfeitamente saudável. Estes precisam é de atenção redobrada quando saem para passear, uma vez que caso escapem da coleira não poderão voltar quando chamados e até serem atropelados em função de não escutarem o barulho emitido pelos veículos. Além disso, os cães surdos precisam ser treinados na base dos sinais. Um cão adulto pode aprender até cinquenta diferentes sinais e ao identificá-los, inclusive na expressão facial de seus donos, poderão exercer os mais variados comandos.

Se o cão surdo viver do lado de fora da casa, é ideal que os muros não sejam baixos, visto que podem escapar facilmente e para chamá-los de volta é complicado. É importante, portanto, que o animal seja identificado com uma plaquinha presa à sua coleira contendo seu nome, telefone e a palavra surdo.

É ideal ainda que o cão surdo sempre saiba quando você estiver por perto e que quando for ser acordado isto aconteça de forma tranquila e delicada, sem sustos.

Caso você perceba que seu cão não atende quando é chamado ou se vira na direção errada quando isto acontece, balança com frequência a cabeça, dorme em demasia e só acorda quando alguém encosta nele e só atende aos chamados quando de frente para você, o leve ao veterinário, que com simples testes poderá identificar a surdez. Uma vez confirmada a deficiência auditiva será preciso paciência, força de vontade e muito amor pela frente.

 

19 COMMENTS

  1. Olá!!
    Ando muito triste e proecupado pois meu cachorro (macho) tem apresentado os sintomas citados no artigo – “não atende quando é chamado ou se vira na direção errada quando isto acontece, balança com frequência a cabeça, dorme em demasia e só acorda quando alguém encosta nele e só atende aos chamados quando de frente para você” – e o piro é que ele tem uns 15 anos. Não sabemos ao certo a idade porque o recolhemos da rua. Enfim gostaria de tar mais informações. Obrigado

  2. Tenho uma lhasa apso que é surda, a Lilo, descobrimos quando ela tinha 60 dias, pois ela dormia o dia todo, então fizemos alguns testes, como jogar o molho de chaves perto dela e estourar sacolas perto, mas ela não demonstrava reação. então a levei na veterinária, que constatou a surdez com testes simples (chamando a Lilo) e verificou tambem que não havia nada de errado com o ouvido, portanto ela nasceu surda. O fato de ela ser surda não influenciou em nada a nossa convivencia, ela aprendeu sinais básicos como não e vem, e nós não deixamos ela escapar ou sair sem a guia, e ela tambem tem uma grande necessidade de ficar perto de nós, ela precisa ficar vendo agente. No mais ela é uma cachorrinha normal que dá um pouquinho mais de trabalho para encontrar quando resolve dormir atrás do sofá.

    • Olá, faz uns 15 dias que compramos uma lhasa apso e hoje descobrimos que ela é surda!
      Desde o dia em que chegamos em casa, percebi que ela não olhava pra gente quando a chamávamos! Hoje a levamos ao veterinário e ele constatou a surdez! Disse que é comum quando a raça é pura. Minha família está muito contente, mesmo ela sendo surda, pq ela agora é a alegria da casa.

  3. Olá, eu tenho 4 cães da raça Dalmata que são surdos , não tenho problemas algum com eles pelo contrário são muito amorosos, obedientes , comem bem , latem bastante adoraram caçar borboletas e jogar bola são a minha paixão . Não se preocupe pois eles levam uma vida normal.

  4. Tem um cão ha 14 anos, percebi de uns dias para cá que ele não me ouve mais, sera que é por causa da idade?
    Isso é muito triste.
    Pois vivemos só nós dois,.juntos

  5. Olá, tenho uma Dálmata de 3 meses e ela é surda. Minha preocupação é como ensiná-la a fazer necessidades fora da casa pois ela dorme e fica dentro de casa dia e noite, mas tem acesso ao quintal sempre que quizer .
    Também gostaria de saber se é verdade que não posso soltar a guia dela num passeio a um parque ou a uma praia e se aquelas coleiras vibratórias dão certo mesmo. Obrigada!

    • A coleira vibratória é excelente para cães surdos. Tenho uma labradora surda de 1 ano e nossa vida é outra depois da coleira vibratória. Estamos usando com a orientação de um adestrador focando apenas em chamar o cachorro. Vale a pena !!!

  6. Tenho um bulldog frances que é surdo. ele tem 3 meses agora, mais estamos apreensivos de coloca-lo com nosso outro cachorro da mesma raça, só que femea.sera que existe algum problema em deixa-los juntos?

  7. Tenho uma cachorra surda, agora com 01 ano e quatro meses, está sendo difícel ensiná-la… ela é carinhosa mas teimosa, tenho a impressão que o fato da surdez atinge a sua inteligência, quero saber se existe cães com problemas mentais. Ela tambem não tem a pupila nos olhos, e os mesmos são azuis claros.

  8. Adotamos uma Dálmata que estava abandonada na rua, depois de alguns dias apresentou momentos de agressividade e surtos de rosnar para as patas e querer pegar o rabo, levamos ao vet e descobrimos que ela é surda, será que tem alguma coisa relacionada a agressividade dela? levando em conta que ela estava abandonada pode ter sofrido maus tratos pelas ruas, Existe alguma coisa que podemos fazer para amenizar a agressividade?

  9. tenho um poodle 12 anos e meio, não atende ao chamado e chora baixinho quando quer sair para fazer suas necessidades,
    come bem e dormi bastante, à veterinária acha normal ficar surdo ..que faço?

  10. Bom dia, tenho uma yorkshire, ela tem 13a e meio, ano passado eu percebi que ela está surda… ainda não a levei no veterinário, mas sei que é surdez mesmo… como ela já teve vários problemas de saúde, eu fico calma com mais um problema, o nosso amor é maior que tudo… só preciso tomar cuidados quando saio com ela, para não se distanciar de mim, já que ela não usa coleira… por que se precisar chamá-la ela não vem. em casa, ao acordá-la, sempre com beijinhos e fico pertinho dela, por que ela acorda desorientada. Mas, uma coisa foi boa… ela não sofre mais com fogos e trovões, rs Boa sorte para todos.

    Sheila (kate)

  11. Amigos já fizeram algum teste auditivo, para saber o grau de surdez do cao, e existem treinadores que ensinam linguagem dos sinais aos nosso amigos, bem interessante. Sou estudante de veterinaria e estou cadastrando voluntarios para teste auditivo como aqueles que fazem em bebes no berçário quem quiser se candidatar pode entra em contato comigo pelo email [email protected] e quem quiser informacoes estarei a disposiçao

  12. comprei esta semna uma buldog francesa ele tem 14 meses mas so agora vi que deve ser surda opois nao liga quando chamo o que fazer
    para lem disso ladra muito

  13. Meu budog tb é surdo, tive a possibilidade de trocá-lo, mas não quisemos, nos apaixonamos antes de saber do problema, agora não dá para ir lá e trocar por outro.

  14. Surdez em um cão não é problema , basta cuidar muito , e dar muito amor , pois eles se contentam com muito pouco.
    é até um pecado querer trocar um cão , simplesmente porque ele é surdo 😏🐶🐶🐶

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here