Como ensinar o cachorro a acenar

Dar tchau e dizer alô: confira como ensinar o seu cachorro a acenar.

Os cachorros não fazem ideia do que sejam os cumprimentos. Eles identificam quem está chegando ou saindo, mas não acompanham as regras sociais. Mesmo assim, a maior parte dos peludos gosta de acenar e o melhor é que é muito fácil ensinar a fazer isso.

Todas as pessoas gostam de observar os cachorros e os seus truques. É realmente muito fofo ver um cachorro acenar com a pata, ou mesmo com as duas. Na verdade, o aprendizado é um complemento do clássico “dá a patinha”, uma das performances mais apreciadas.

Depois de aprender a acenar, o cachorro também pode ser ensinado a responder ao famoso “give me five”, o gesto que surgiu entre atletas americanos e se tornou sinônimo de comemoração pelo sucesso.

Como ensinar o cachorro a acenar

O material necessário

Como já foi dito, quase todos os cachorros gostam de aprender a acenar – é uma interação a mais com os tutores um bônus – e eles quase sempre estão interessados em uns momentos a mais com os seus humanos.

Mesmo assim, é preciso providenciar algumas recompensas para a etapa de treinamento. Os melhores prêmios são os petiscos, já que os cachorros são ávidos por comida a qualquer hora. De acordo com o temperamento dos peludos, no entanto, os tutores podem trocar os biscoitos pelos brinquedos favoritos.

Os pré-requisitos

Antes de ensinar qualquer truque para os cachorros, os tutores precisam treiná-los a executar os comandos simples. Eles precisam saber o significado do “sim”, “não”, “vem”, “fica”, “senta”, “deita”, “sobe”, “desce”, etc.

Os melhores alunos são aqueles que respondem prontamente a estas ordens básicas, que, de resto, são fundamentais para a convivência diária. É com estes comandos que os tutores estabelecem as regras da casa, condicionando os cachorros a não subir nos móveis “proibidos”, não pular sobre os recém-chegados, fazer as necessidades no lugar certo, etc.

O passo a passo para ensinar o cachorro a acenar

Como ensinar o cachorro a acenar

1) O cachorro já deve ter entendido o significado do comando “senta”. Fique de frente para ele, enuncie o comando e ajoelhe-se, aproximando-se da altura do peludo.

2) Quando o cachorro obedecer, apresente a recompensa, aproxime-a da altura do focinho e volte a escondê-la (nas costas ou na própria palma da mão).

3) Peça para o cachorro dar a pata (de acordo com o que ele aprendeu anteriormente) e introduza o novo truque: “acena”, “dá tchauzinho”, “cumprimenta”, etc.

4) Faça o gesto com a mão livre em posição vertical e, se necessário, movimente a pata do cachorro para demonstrar o que você quer que ele faça.

5) O cachorro consegue perceber rapidamente que a posição da mão do tutor mudou. Se necessário, levante a pata também para a vertical.

6) Assim que ele fizer o gesto esperado, entregue a recompensa, sempre com palavras de estímulo e muitos carinhos.

7) À medida que o cachorro entende o novo truque, o comando pode passar a ser dado a distâncias maiores, sem necessidade de o tutor ajoelhar-se em frente ao peludo.

8) Repita o treinamento quatro ou cinco vezes, antes de deixar o cachorro descansar. Volte a repetir as aulas nos dias seguintes. Em três ou quatro sessões, a maioria dos cães aprende a responder ao novo comando.

9) Assim que o cachorro tiver aprendido, ele pode passar para as etapas seguintes: acenar com as duas patas e manter a pata na vertical até que o tutor bata com a mão nela (o “give me five”).

10) Para cada nova modalidade do truque, são necessárias duas ou três sessões, que devem ser diárias. Antes de ensinar a acenar com as duas patas, o cachorro precisa ter aprendido a se sentar (dobrar as patas traseiras e apoiar o tronco sobre elas).

11) Com os comandos assimilados, o prêmio material pode ser dispensado, mas é preciso fazer a manutenção do aprendizado regularmente. A cada resposta positiva, o cachorro merece um agrado a mais.

Observações

As palavras usadas no treinamento não são tão importantes, já que os cachorros não dominam a linguagem humana. Eles apenas apreendem os comandos de acordo com a situação que estão vivenciando.

Como ensinar o cachorro a acenar

Mesmo assim, é importante que todos os humanos da família utilizem os mesmos termos para que os cachorros executem os truques esperados. Desta forma, se a expressão escolhida inicialmente foi “dá tchau”, o cachorro ficará confuso, sem saber o que fazer quando o comando for substituído por “acena” ou “cumprimenta”.

Ao ensinar um truque novo para o cachorro, procure sempre um ambiente tranquilo, sem nada ao redor que possa distraí-lo. A sala de aula pode ser o quintal, um corredor ou até mesmo o sofá da sala de estar (no caso dos pequenos). É importante que o cachorro consiga se concentrar apenas no adestrador e no que está sendo solicitado para ele.

Depois que o novo truque (“faz tchau”, por exemplo) for assimilado, o cachorro já consegue executá-lo em qualquer lugar, mesmo durante uma caminhada cheia de novidades a serem exploradas. O foco é necessário apenas para que ele não se distraia enquanto alguma coisa nova está sendo apresentada e demonstrada.

Nas sessões de treinamento, é importante não cansar o cachorro. A duração das aulas deve ser definida pela curiosidade do aluno: enquanto ele estiver atento (e se divertindo com a brincadeira), o truque pode continuar sendo ensinado.

Durante os treinamentos a distância entre o cachorro e o adestrador assume grande importância. O treino inicial é feito com muita proximidade e, aos poucos, o tutor vai se afastando. Desta maneira, sempre que o tutor se aproximar e abaixar-se, o peludo perceberá que está na hora de aprender uma coisa nova – especialmente se o prêmio for exibido bem próximo ao focinho.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas