Você já tem um cachorro em casa, mas de repente surge a vontade de levar mais um companheiro canino para o seu lar. E agora? Como introduzir o novo cão em casa sem que o cachorro que já vive há mais tempo com você não fique nervoso ou enciumado?

Como introduzir um novo cão em casa

Em primeiro lugar é importante pensar no tamanho do novo cachorro. É recomendável que os cães sejam mais ou menos do mesmo tamanho, caso contrário um dos dois poderá sair machucado nesta história.

Além disso, antes de qualquer coisa é preciso saber que os cães, por mais que vivam em uma casa com humanos, se sentem como se vivessem em uma matilha de cães. Na maior parte das vezes, principalmente quando não há muita disciplina em casa, os cães se sentem os líderes da matilha. Desta forma, quando um novo cão chega em uma casa, no caso no território do cão que morava há mais tempo no local, ele tentará mostrar ao novato quem é que manda no pedaço. E para que isso fique claro, o cão “veterano” irá latir, rosnar e eventualmente até morder o focinho do novo cãozinho. Para nós, humanos, tudo isso parece muito cruel e ameaçador, no entanto, faz parte do comportamento deles e estas atitudes devem ser toleradas.

Como introduzir um novo cão em casa

Quem quiser atenuar estes comportamentos pode tentar apresentar os dois cães em um ambiente neutro, como um parque ou uma praça. Mas se não tiver jeito, a solução é fazer com que os dois cães se conheçam gradualmente. Como fazer isto? Coloque os cachorros em cantos separados da casa, de preferência com as portas fechadas. Eles não poderão se ver, mas um saberá que o outro está ali em função do cheiro. Com o tempo eles irão se acostumar com a presença um do outro e a convivência será mais agradável, sem brigas e estranhamentos.

É possível também fazer as apresentações de outra maneira. Um pano velho pode ser passado no corpo do cão novato e em seguida deve ser colocado abaixo do potinho de comida do cão mais antigo. Assim, o cão que está há mais tempo na casa associará o cheiro do novo animal a uma situação prazerosa e a convivência entre os dois terá tudo para ser harmoniosa.

Depois que os cães tiverem se conhecido e estiverem vivendo em paz, tome alguns cuidados para não estragar a harmonia da casa entre os dois. Quando chegar em casa, sempre acaricie o cão mais velho primeiro. Desta forma a hierarquia da matilha será respeitada. Além disso, preserve momentos de passeios ou brincadeiras somente com o cão que está há mais tempo com você. Com estas atitudes ele perceberá que ainda é amado e respeitado pelo dono.

Como introduzir um novo cão em casa

Vale lembrar que os cachorros também adoram se divertir de maneira mais agressiva, com mordidas e rosnados. Não é preciso separar os cachorros toda vez que um começar a morder ou mostrar os dentes para o outro.

Dois cães podem viver muito bem juntos, por mais que não tenham chegado a uma casa ao mesmo tempo. Para garantir uma boa convivência ao introduzir um novo cão em casa, basta seguir essas dicas e respeitar os limites de cada animal.


12 COMENTÁRIOS

  1. Achei muito interessante a matéria; é exatamente o que procuro, estou vivenciando este drama em casa, minha cachorra ficou muito agressiva quando me viu chegar c/ o novo cãonzinho. Vou seguir as dicas acima e depois conto o resultado, espero que seja positivo, pois arrumei outro cãozinho para a mais antiga não ficar tão sozinha.

  2. Temos um macho e duas fêmeas, já idosas que vivem em total harmonia.

    Recolhemos da rua uma fêmea nova e ferida, no veterinário confirmamos que ela é surda. Eles são do mesmo porte, faz sete dias que a recolhemos.

    O macho rosna para ela, mas ela não escuta, e se aproxima, ele se torna mais agressivo,mas ainda não a atacou!As fêmeas que eu temia não aceita-la, principalmente uma delas para nossa surpresa foi muito receptiva!No entanto a fêmea nova a principio muito dócil, ao receber um biscoito de agrado perto da fêmea mais velha rosnou e mostrou os dentes, apesar de não haver nenhuma reação da Sortuda que é muito brava com outros cães!O que fazer? Não podemos abandonar a cadela surda, ninguém vai adota-la, e tememos por um briga ou intolerância. Moramos em um apartamento atualmente!

  3. Boa tarde,
    estou com um dilema, e que o meu filho arranjou uma cadelinha com 2 meses, uma bulldog francesa, e eu já tenho uma York já com 3 anos, agora chegou a altura de as apresentar, estamos a pensar em fazer essa apresentação em casa dele uma vez que a bulldog ainda não tem as vacinas todas e não pode ir a rua ou ao parque, como devo de agir com a apresentação das duas? tinha em mente em seguir os conselhos do post, o que acha?
    ou existe outra maneira?
    Obrigado pela atenção

  4. Temos uma cadelinha(meg) que ja esta com a gente a oito anos ela é filhote de pincher com Liasa, e tem o temperamento dos dois. Resolvemos adotar uma cadela porém esta é uma pastora belga, muito dócil, a questão é que a meg não gostou muito da ideia e ja avançou na novata (zuca).Zuca porém foge com medo dela. ficando algumas vezes até sem comer se ela estiver por perto. Será que se seguir estas dicas vamos voltar a ter harmonia? tenho medo que uma hora a zuca resolva se defender.

  5. Oi, eu gostaria saber como lidar com o ciume constante do meu cachorro ele é um pinscher de 3 anos e agora decidimos pegar uma cachorrinha labrador de apenas um mês e três dias. O Bob(pinscher) não chega perto da cachorrinha e quando colocamos os dois perto ele avança.
    Como ela gosta de brincar e quer fazer com ele o Bob acaba saindo de perto. Tenho medo dele ter depressão e acaba morrendo.
    Não sei o que fazer. Não queremos ter que da Cacau, mas também não queremos deixar o Bob adoecer. O que devemos fazer?

  6. Eestou passando por isso!!! Me ajude por favor tenho um d.s.r. De 3 anos que convive muito bem com uma gata siames de 5 anos, e na última sexta- feira dia 10 adotamos uma da rua que estava sendo maltratada, ela deve ter entre 5 à 7meses muito fraquinha,então a minha nina de 3 anos é hiperativa e muito ciumenta e não está nada sociavel à pqna começamos dando petiscos pra aproxima-las mas rosnaram, já tentei borrifador com água mas mesmo assim elas se atacam, nina sempre fica com posição de ataque a Qlqr movimento da pqna, elas ficám separadas, aí quando estamos em todos em casa eu meus filhos(11 e14) tentamos aproximar elas mas sempre tem um rosnado. Um avanço. Me ajudem o q posso fazer para as duas se aceitarem. Não posso desistir da pqna ela precisa de ajuda, ela é um amorzinho, muito calminha. Tô desesperada!!!

  7. Olá.
    Adotei um SRD (Ozzy o nome dele), filhotinho, com quase dois meses, agora ele está com 1 ano e 1 mês. Faz 4 dias que adotei mais um, um Lhasa de 3 anos que ia ficar sem casa, os dois são machos.
    O Lhasa foi atacado pelo Ozzy, estamos andando com eles, e em casa ficam separados, mas está muito difícil, o Ozzy é o rei do pedaço e mesmo cansando eles o Ozzy tenta atacar o Lhasa.

    Os dois tem quase o mesmo tamanho, mas o Ozzy é muito forte, o que ainda não tentei foi o paninho com o cheirinho do Lhasa em baixo do pote, mas todos os ambientes estão com o cheiro dos dois peludos, quando solto o Ozzy dentro de casa, ele sai cassando o Lhasa.

    Alguém passou ou esta passando pelo mesmo, podem dar mais dicas??

  8. Boa noite. Tenho um a cachorrinha que está com 1 ano e 8 meses, quando á ganhei ela tinha menos de 30 dias. Mas ficava mito sozinha em casa, já que trabalho o dia inteiro e estudo á noite. Com isso ficava com dó dela por ficar assim, além do que estava destruindo tudo o que via pela frente. Há uma semana arrumei outra filhote( fêmea tambem) de 50 dias. Mas a mais velha Lunna não está aceitando bem a novata Milu. Já á atacou, mordeu e tudo mais. Tentei deixa-las sepradas, estou dando mais atenção para a Lunna do que á Milu. Tudo que comprei para a novata também comprei para Lunna, mas está dificil. Ela continua avançando na MIlu. Já não sei o que faço. Alguém poderia me ajudar?

  9. Oi tenho uma yorkshire de cinco anos e adotei uma poodle de aproximadamente a mesma idade,no dia em que ela chegou conversei com a moça e deixei a yorkshire cheirar a novata no meu portão e como as duas estão no cio,ficaram se cheirando se lambendoficaram correndo uma atras da outra,só que do nada a mais antiga não quer deixar a novata entrar dentro de casa e ela caem na briga que não adinata eu brigar!
    Tive que colocar uma dentro de casa e a outra no quintal e qdo vou do lado de fora a mais velha fica chorando e qdo entro a novata tb…me parece que estão tendo ciúmes de mim …querendo minha atenção! Realmente não sei o que fazer mais acredito que tenha uma solução delas serem amigas

    • Olá, tenho uma cachorrinha de um ano e agora peguei um filhote, mas ela não chega perto dele e quando tentamos colocar os dois proximos ela baba muito e tenta avançar nele, ele é bebe e fica correndo para brincar ccom ela, porém ela foge e fica sozinha ate ver que ele pegou no sono. Como faço pra eles se darem bem?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui