Seu cachorro tem o hábito de coçar as orelhas de forma exagerada, ou lamber as patas? Isso pode ser muito prejudicial para ele, e pode ser originado de vários fatores.

É muito comum ver cães que têm compulsão por lamber, coçar e mastigar de forma excessiva no dia a dia, e isso pode ser decorrente de várias causas. Este hábito é muito prejudicial e os donos devem ficar atentos ao comportamento dos cães. Dentre as causas principais podem citar diversos fatores como, por exemplo, alergia, tédio ou ansiedade, pele seca, entre outros.

Compulsão por lamber, coçar e morder: saiba mais!

Alergia: é comum quando a coceira do cão se torna muito exagerada. Algumas causas comuns de alergia são relacionadas à comida. Além disso, os cachorros podem desenvolver dermatite – uma irritação na pele-.

Pele seca: pode ocorrer devido à interferência de fatores climáticos como, por exemplo, o tempo frio. Outra causa comum é a deficiência de ácido graxo. Devido ao desconforto, os cães começam de forma excessiva a lamber a pele, o pelo e também a coçar.

Desequilíbrios hormonais: podem aparecer algumas manchas vermelhas e pequenas, e também, os cães começam a coçar e lamber. Este fato acontece pela falta de produção do hormônio da tireoide ou se ele estiver eliminando muito cortisol, o que acarreta a infecção na pele.

Parasitas: presença de pulgas, carrapatos e ácaros, que faz com que o cão lamba, morda e coce de forma excessiva. Desta maneira, é preciso verificar a presença dos parasitas e iniciar o tratamento.

Dor: sintoma causado por algum tipo de desconforto. Por exemplo, se o seu cachorro estiver lambendo muitos as patas, verifique se não há a presença de algum ferimento.

Como tratar as compulsões?

Existem diversos tipos de tratamentos, porque tudo depende da causa que está fazendo o cão lamber, morder ou coçar de forma exagerada. Desta forma, o dono deve o cão ao veterinário, para que ele possa indicar o tratamento mais correto e coerente. Alguns tratamentos conhecidos são:

Mudança alimentar: o veterinário vai indicar uma dieta específica para o seu cachorro. Por exemplo, uma alimentação com suplementos de ácidos graxos podem auxiliar a resolver diversos tipos de problemas como, por exemplo, os de pele seca. Além disso, os ácidos graxos deixam os pelos saudáveis.

Ansiedade e tédio: se esta for a causa para a compulsão de lamber, morder ou coçar é preciso deixar a rotina dele mais divertida como, por exemplo, o aumento de passeios e brincadeiras.

Uso de medicamentos: o veterinário vai recomendar remédios e antibióticos, ou seja, receitar medicamentos para tratar os problemas específicos que estão acontecendo.
Portanto, há diversas maneiras e tratamentos diferentes. Por isso, se notar que seu cão está lambendo, coçando ou mordendo de forma excessiva, leve-o, imediatamente, ao veterinário.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui