Você sabe o que são abscessos? Eles podem ser formados por meio de feridas e precisam de cuidados. Veja as dicas!

Os abscessos são formados por vários motivos como, por exemplo, uma ferida que infecciona e resulta em acúmulo de secreção purulenta, que são provocados por uma bactérias. Eles precisam ser tratados, para que não resultem em problemas mais graves como uma infecção generalizada. Por isso, tenha cuidado se notar que seu melhor amigo está machucado, porque as feridas são portas abertas para muitos tipos de infecções.

Cuidados com a formação de abscessos no cão!

Os abscessos são formados por um acúmulo de pus e podem ser encontrados em qualquer região do corpo. Inclusive, alguns processos podem levar a formação em órgãos internos como, por exemplo, no fígado. Além disso, eles podem acometer regiões como as gengivas por meio de doenças como a periodontite, podendo provocar a perda dentária.

Os sintomas dependem da região ou do órgão que foi afetado pelo abscesso. Mas, no geral ele forma uma cônica que se assemelha muito a um vulcão e pode provocar a perda do pelo na região. Além disso, o local fica muito dolorido, quente, e a presença de pus é constante.

Como já foi falado, é preciso ter cuidado com as feridas, justamente, para que elas não formem abscessos. Algumas doenças como a dermatose ou a berne, que são causadas por fungos, podem causar o problema. Uma das maneiras mais eficazes para prevenir é não estourando, furando ou tentar cortar. Ou seja, não mexa na ferida e não tente fazer nada, para não provocar a formação de abscesso, que é muito prejudicial para a saúde do seu cachorro.

O tratamento dos abscessos, normalmente, é feito por meio de cirurgia para drenagem. Assim, no pós- cirúrgico, por exemplo, são necessários curativos, medicamentos, e outros itens que vão auxiliar na recuperação do seu melhor amigo. Além disso, dependendo do local pode ser necessário o cão usar o colar elizabetano, para que a cicatrização ocorra de maneira segura e eficaz.

Não dê medicamentos por conta própria ao seu melhor amigo, porque isso é muito prejudicial. Desta forma, leve-o, imediatamente, ao veterinário, para que ele possa indicar a melhor forma de tratamento e o remédio adequado para seu cachorro.

Portanto, se você notar que seu cachorro está com uma ferida, simplesmente, não fique tocando, espremendo. Lembre-se de que ficar mexendo na ferida é pior, porque pode provocar uma infecção e isso prejudica a saúde do cão.

Desta forma, qualquer ferida estranha que aparecer na pele do seu cachorro, leve-o imediatamente ao veterinário, para que ele possa recomendar o tratamento correto.


10 COMENTÁRIOS

  1. Meu cachorro furou o olho e eu só percebi porque vi sangue pelo chão quando fui ver ele estava cheio de mosca em volta a um mau cheiro. E olho tem muito pus não sei o que fazer moro no interior da Bahia e não tem veterinária estou desesperada me ajudem

  2. Minha cadela apareceu com um caroço muito grande nas costas perto do pescoço e eu acho que tem pus mais nao tinha nenhum ferimento o inchacho nao tem ponta ou orificio por favor nao tenho condiçoes de levala no veterinario pois fica muito lonje de onde eu moro… des de ja muito grata.
    Clivia

  3. Minha dog foi diagnosticada com um abcesso na região glutea, associada a uma injeção, porém a médica não prescreveu nenhum antibiótico. Está certo isso? Compressa morna no local pode ajuda-la?

  4. Minha cachorra apareceu com a perna muito inchada e com um buraco atrás da perna , eu bati um mata micheira ontem, só que hoje ela acordou do mesmo jeito só que com um outro machucado so que dessa vez no meio da cabeça , por favor eu preciso de ajuda estou desesperada

  5. Ola boa noite
    Me chamo Izaque Rabelo, meu cachorro foi mordido por outro cachorro na região do reto em briga ,e está muito infeccionada saindo secreção com o odor desagradável ,queria saber como tratar essa infecção …já fiz uma limpeza no local e ainda contra a sair secreção ..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui