Assim como você precisa limpar o ouvido regularmente, você também deve manter as orelhas do seu cachorro limpas, prevenindo infecções e doenças auditivas. Como as orelhas são muito sensíveis, há cães que se incomodam bastante com qualquer tipo de contato humano com essa parte do corpo canino. Na hora de limpar as orelhas do seu cão, é necessário ter vários cuidados para não machucá-lo e para fazer a limpeza corretamente.

Cuidados para Limpar as Orelhas do seu Cão

Um dos principais cuidados para a limpeza das orelhas de um cachorro é evitar objetos pontiagudos (como cotonetes), mesmo que estejam enrolados em um pano ou uma gaze. Essa medida é importante porque objetos desse tipo podem empurrar a cera para dentro do canal auditivo e até machucar seu cachorro, principalmente se ele costuma se mexer bastante durante a higienização e se você não tiver tanta habilidade para mexer o objeto como um veterinário, por exemplo.

Coloque seu cão no colo ou deixe o animal em uma posição confortável e com a cabeça bem apoiada. Dobre a orelha sobre a cabeça e examine a situação do ouvido. Caso haja secreções, corrimentos, sangue, mau cheiro ou se o cão estiver coçando a orelha sem parar, leve o bicho até um veterinário.

Cuidados para Limpar as Orelhas do seu Cão

Se o seu cão não apresentar nada além de cera no ouvido, basta passar um algodão umedecido para remover o excesso de cera. Você pode passar produtos específicos encontrados em pet shops, facilitando ainda mais a retirada da cera, sem prejudicar seu cachorro. No entanto, só passe produtos recomendados por um veterinário, pois pomadas e medicamentos inadequados podem comprometer a saúde auditiva do animal.

Em relação à frequência da limpeza, o ideal é checar semanalmente o estado das orelhas do seu cão, principalmente se ele tiver as orelhas compridas. Algumas raças estão mais propensas a ter problemas auditivos. É o caso do Cocker Spaniel Inglês e outros cães com orelhas caídas e compridas, pois esse tipo de formato dificulta a higienização, gerando um microambiente com calor, umidade e pouca luz, o que ajuda no surgimento de problemas.

Cuidados para Limpar as Orelhas do seu Cão

A produção de cerúmen (cera) oscila de animal para animal, tanto que existe a possibilidade de um mesmo cão ter uma quantidade bem maior de cera em um dos ouvidos. Além disso, a presença de pelos no conduto auditivo influencia na formação de cera, uma vez que os pelos protegem naturalmente contra a umidade. Assim, muitos donos preferem não remover os pelos das orelhas de seus cães.


3 COMENTÁRIOS

  1. A MINHA VELHINHA DE 15 ANOS, CEGUINHA DOS DOIS OLHINHOS, COSTUMA ACUMULAR UMA CERA PRETA NOS DOIS OUVIDOS, PARECE FUNGO. SE REPRODUZEM RAPIDAMENTE. LIMPO COM ALGODÃO EMBEBECIDO EM ALCOOL. PARECE QUE ESTÁ DIMINUINDO. ESTOU AGINDO CERTO?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui