O seu cachorro não gosta de tomar banho e tem muito medo de água? Ele foge toda vez que vê uma poça d’água? Confira algumas dicas para aliviar o medo!

Há cachorros que temem a água e, por isso, não gostam de tomar banho, entrar em uma piscina e toda vez que ouvem a palavra “água” saem correndo. Algumas raças de cães devido à genética são apaixonadas pela água como, por exemplo, o labrador e o Golden. Porém, o seu cachorro tem muito medo de água? Confira algumas dicas que podem ajudá-lo a superar esse medo e quem sabe, em pouco tempo, ele vai adorar entrar em uma piscina?

Dicas para cães que têm medo de água!

Inicialmente, lembre-se de que o medo da “água” não vai ser superado de um dia para o outro. É preciso que o dono tenha paciência e saiba entender que cada cachorro tem o seu tempo para superar um medo. Desta forma, tenha paciência e carinho com o seu melhor amigo, ok?

Comece usando pouca água, ou seja, não use quantidades exageradas. Molhe em pequena quantidade o chão do quintal (ou área) da sua casa e brinque com ele. Basta jogar um pouco de água no chão e pronto! Mesmo que nos primeiros momentos ele evite pisar no molhado, brinque com ele e deixe este momento bem agradável para o seu amigo.

Estimule o cachorro a se aproximar da água por meio de brincadeiras e use a sua criatividade. Durante estes momentos, o cão “sem querer” acaba pisando na água e
isso estimula o contato.

Que tal uma piscina de plástico? Encha ela um pouco – de modo que o cão fique coberto apenas até as patas- e brinque ele na piscina. Assim, toda vez que estiver se divertindo na piscina dê a ele uma recompensa para deixa-lo feliz: um brinquedo novo, uma guloseima, um petisco, enfim, algo que ele adore. Desta maneira, ele vai adorar ficar na piscina de plástico!

Molhe algumas partes do corpo do cachorro quando ele estiver na água, assim, vá jogando aos pouquinhos e fazendo massagem, para que ele se sinta bem à vontade e confortável. Não se esqueça de dar a ele algumas recompensas, ok?

Com o passar do tempo, os donos podem ir acrescentando outros itens para ajudar o cão a superar o medo da água como uma mangueira, por exemplo. Porém, vá por etapas e aumente de forma gradativa, sempre respeitando o tempo do seu melhor amigo. Mantenha a calma e seja muito paciente.

A resposta do medo da superação varia de acordo com cada cachorro, porque vai depender do grau de medo e da capacidade do dono saber lidar com os limites do cão, também. Por isso, se achar necessário busque ajuda profissional para auxiliá-lo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui