Facebook proíbe a venda de animais em suas redes sociais

Há mais de um ano, a venda de animais vivos é proibida no Facebook e no Instagram, contudo ainda é uma prática comum nas redes sociais.

O Facebook alterou as suas política para ofertas comerciais e, desde maio de 2018, proíbe a venda de animais vivos. A nova regra veta a comercialização de animais de estimação ou de pecuária.

Facebook proíbe a venda de animais em suas redes sociais

A norma vale para a rede social e também para o Instagram e proíbe a venda de partes de animais, como peliça, pelos e peles, mas não deixa claro se produtos de couro também estão incluídos no veto.

No documento divulgado pelo Facebook, a rede reiterou outras proibições: também não é permitido comercializar armas e munições de qualquer tipo, bebidas alcoólicas, drogas ilegais, prescritas ou recreativas, produtos para tabagismo, itens de saúde, partes ou fluidos corporais, produtos para o público adulto ou relacionados a jogos de azar.

Os usuários podem denunciar a postagem de anúncios de venda de quaisquer animais. Para fazer a denúncia, é preciso clicar no ícone de reticências, no canto superior direito da publicação, ou em “mais opções”, logo abaixo da identificação do usuário, e clicar em “dar feedback sobre essa publicação”.

O que pode e não pode ser vendido

Além da nova proibição, o Facebook também as situações em que é possível vender itens relacionados aos animais.

Não podem ser vendidos:

  • animais vivos;
  • animais de estimação;
  • animais para pecuária;
  • partes de animais, como ossos, dentes, pele e pelos (inclusive taxidermia).

Podem ser divulgados através das redes (Facebook e Instagram):

  • brinquedos e coleiras para animais;
  • jaulas para animais;
  • serviços veterinários;
  • cuidados com animais;
  • serviços de embarque.

As regras valem para:

o marketplace (espaço que reúne ofertas de pequenos vendedores);
as seções de comércio eletrônico das páginas;
os grupos de compra e venda;
no Instagram Shopping.

Para conhecer melhor as regras de comercialização do Facebook e do Instagram, acesse a página https://www.facebook.com/policies/commerce.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui