O linfoma é um tipo de câncer agressivo que atinge os cães. Conheça mais sobre ele e os tipos de tratamento.

O linfoma é um tipo de câncer que atinge os linfócitos dos cães. Para você ter uma ideia, 15% 20% dos tumores malignos em cães são nos linfomas. Este tipo de câncer, geralmente, é agressivo e precisa ser bem cuidado, porque se não for tratado a tempo, pode causar a morte no animal. Conheça mais sobre este tipo de câncer.

linfoma-caes

No geral, o linfoma acomete os cães mais velhos e independente do cachorro ser macho ou fêmea a pré-disposição é a mesma. Existem raças que tendem a desenvolver mais este tipo de câncer como Bassets, São Bernardo, entre outros.

Porém, ainda não existe uma explicação científica sobre o porquê este tipo de câncer se desenvolvem nos cães. Mas, alguns estudos sugerem que as causas são genéticas e além disso os cachorros que tem um sistema imunológico enfraquecido parece que desenvolve com mais facilidade o linfoma.

A localização dos tumores é que vai determinar os tipos de sintomas deste tipo de câncer. Por exemplo, os tumores que permanecem nos linfócitos tendem a formam inchaços. Ou quando ele aparece no intestino, os cães podem vomitar ou ter diarreia, falta de apetite, entre outros. A pele do cão também pode ter alguns sintomas deste câncer como a formação de nódulos.

O linfoma é diagnosticado por meio de vários tipos de testes: exames de sangue, biopsias, radiografias, entre outros. O tipo de teste depende da localização do tumor no cachorro. Assim, é necessário saber em qual região do corpo do cão o tumor está, para saber que tipo de teste específico deve ser usado.

No geral, o linfoma não causa dor para o cachorro, caso o câncer não atinja a parte óssea. O tratamento do linfoma é feito através de quimioterapia e este tipo de câncer é considerado uma doença sistêmica. Além disso, o tratamento também é feito devido à combinação de alguns medicamentos que podem ser administrados pela via oral ou injetável. Mas, somente o veterinário que vai saber indicar os medicamentos e o tipo de tratamento correto.

O tratamento com quimioterapia tem apresentado resultados muito positivos e prolongando a vida dos cães. Muitas vezes, eles conseguem viver muito tempo com a doença. Leve sempre o seu cachorro ao veterinário para fazer exames de rotina e verificar como está a saúde dele. Assim como nós, os cães também precisam fazer exames de check-up!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui