Diamond é um Jack Russell Terrier que vive com seu pai, Gunnar, na Islândia. Ele passava um dia calmo na sua casa quando algo aconteceu. Gunnar conta que estava no computador quando Diamond começou a ter atitudes estranhas. Ele entrou na sala, gemeu e fez sinal que queria levar o pai a algum lugar. Gunnar acho estranho, pois o cão havia feito suas necessidades um pouco antes. Diamond insistiu e Gunnar decidiu ver o que estava acontecendo. Para surpresa sua, na varanda estava um pequeno pássaro, aparentemente morto.

Pássaro inconsciente é salvo por cão

Gunnar juntou o animal do chão e olhando mais de perto, verificou que ele estava apenas um pouco fraco e zonzo. Ao pássaro foi dado sementes para que pudesse se recuperar. Uma hora depois, com o pássaro quase voltando ao normal, Gunnar o colocou na palma da sua própria mão para ele voar. Sabe para o passarinho voou? Direto para a cabeça de Diamond.

Pássaro inconsciente é salvo por cão

O cão não se importou e Bibí, nome que foi dado ao pássaro, parecia estar se sentindo muito bem sobre Diamond. Passados alguns instantes, Bibí voou para uma prateleira. Diamond, como o bom cachorro que é, foi até o passarinho e começou a lambê-lo. Mesmo perdendo o equilíbrio devido às vigorosas lambidas do cão, Bibí permaneceu ao lado do amigo, aparentemente apreciando o carinho. Depois Gunnar levou Bibí até a sacada, mas ele preferiu não voar. Não estava se sentindo pronto para alçar novos horizontes.

Pássaro inconsciente é salvo por cão

Bibí passou a noite na casa de Gunnar e Diamond sem nenhum problema. No outro dia, na hora do almoço, Bibí se sentiu seguro para partir.

Gunnar diz que assim que Bibí foi embora, perguntou ao seu cão: Onde está Bibí? Então Diamond correu para a porta da varanda, subiu no sofá e olhou para fora. Talvez fosse uma maneira de se despedir do seu amigo.

Pássaro inconsciente é salvo por cão

 


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui