Quem está sempre recebendo lambidas de seu amigo canino talvez já tenha se deparado com uma situação desagradável: o mau cheiro que o animal exala da boca. O odor pode ser interpretado como algo normal pelos donos, que muitas vezes não dão a devida importância ao problema. Acontece que cães saudáveis não deveriam apresentar mau hálito, o que significa que se o seu animal de estimação estiver com um cheirinho ruim na boca é hora de procurar um médico veterinário e tomar as providências cabíveis.

Mau hálito canino

Muitas podem ser as causas do mau hálito, como placa bacteriana, tumores, gengivite e tártaro. Esta última, inclusive, se mostra como uma das mais graves e, para que o animal não sofra com suas decorrências desagradáveis no futuro, é recomendável a cirurgia com anestesia, feita por profissionais especializados em ortodontia canina, que tem como objetivo promover a limpeza dos dentes.

Mau hálito canino

E para evitar que seu pet apresente problemas dentais é de extrema importância escovar os dentes do cão diariamente. Para que seu animal de estimação não sofra com a nova rotina de limpeza dental é possível acostumá-lo aos poucos, primeiramente com a limpeza feita apenas com uma gaze com movimentos suaves. Em seguida é hora de introduzir a escova de dente, que pode ser daquelas para crianças, com a cabeça pequena e cerdas macias, além da pasta dental especial para cães.

Mau hálito canino

Nesta hora é ideal acariciar o bichinho e acalmá-lo, afinal, o momento de escovação não costuma ser muito prazeroso para os bichos. Biscoitos caninos, ossinhos de couro e alguns brinquedinhos também podem ajudar na prevenção do tártaro e outros problemas bucais nos cães.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui