Meu cachorro comeu chocolate e agora? Confira 7 passos para socorrer seu cão.

Veja como identificar uma intoxicação por chocolate e como proceder neste situação.

Se você gosta de agradar seu cachorro oferecendo tudo que está comendo para ele preste muita atenção neste artigo. Chocolate é altamente tóxico para seu cão. Muitos cuidadores já sabem, mas às vezes pode acontecer de seu bichinho comer chocolate sem querer, dado por crianças, ou roubado da mesa e de suas mãos. Continue lendo e saiba o que fazer em uma situação de emergência como essa.

perigos-chocolate-cachorros

Por que chocolate faz mal?

O chocolate contém cacau, que têm uma substância chamada teobromina, sendo muito tóxico para cães. O pior é o chocolate ao leite, mas todos os tipos oferecem risco. O açúcar contido nesse alimento também pode causar problemas estomacais. A teobromina fica muito tempo no organismo do animal, cerca de 6 dias, sendo eliminado por vias hepáticas. Algumas vezes os cães podem comer chocolate escondido, por achar no armário ou restos no lixo e talvez você nem fique sabendo. Por isso é importante se atentar aos sintomas.

O cachorro pode apresentar estes sintomas nas primeiras 6 a 12 horas:

  • Inquietação;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Sede fora do normal;
  • Aumento do ritmo cardíaco;
  • Urinar com maior frequência;
  • Tremor;
  • Contrações musculares.

Se você observar isso em seu cão procure manter a calma. Se ele ingerir uma pequena quantidade de chocolate talvez não apresente estes sintomas, mas se for um pedaço considerável é possível que ele passe mal após a primeira hora da ingestão do chocolate.

Ao identificar estes sintomas leve seu cão ao veterinário o mais rápido possível. É importante verificar o que ele comeu e a quantidade ingerida para relatar ao profissional. Se ele comeu uma grande quantidade talvez o veterinário irá induzi-lo ao vômito. Não tente fazer isso em casa, somente um profissional pode fazê-lo, por isso quanto mais rápido você socorrer o cachorro melhor.

Caso você presencie a ingestão do chocolate siga as seguintes instruções:

  1. Retire imediatamente o chocolate de perto do cachorro;
  2. Mantenha o animal em uma área ventilada;
  3. Guarde o resto de chocolate para mostrar ao veterinário;
  4. Se o cachorro ingeriu grande quantidade leve ao veterinário o mais rápido possível;
  5. Dê o máximo de informação à ele, quantidade ingerida e a hora;
  6. Não induza o cachorro ao vômito;
  7. Não ofereça remédios caseiros.

Não é aconselhável esperar os sintomas aparecerem para levar seu cão ao veterinário. Os sinais de envenenamento por chocolate podem variar. Se um cachorro de 30 kg ingerir 200g de chocolate ele pode apresentar vômito e diarreia. Se for 500g é possível que ele tenha problemas cardiovasculares, com a frequência cardíaca aumentada. Se comer 750g ele poderá ter convulsões. Muitas vezes não é possível mensurar a quantidade ingerida, por isso é melhor pecar pelo excesso de cuidado e levar o cão ao veterinário.

Dar leite para o cão não irá neutralizar a toxicidade do chocolate no organismo. O leite tem seu valor nutricional, mas não ajuda em casos de intoxicação alimentar. O veterinário sabe a técnica certa de induzir o cachorro ao vômito. Se você fizer isso e algo der errado ele poderá aspirar a secreção, indo para os pulmões. Por isso, se ele comer o chocolate a única coisa que deve ser feita é evitar que ele coma mais e levar ao veterinário.

Se engana quem pensa que outros tipos de chocolate não fazem mal ao seu cão. Tanto o chocolate branco como o preto, em suas várias porcentagens de cacau fazem mal. Isso inclui tudo que possa haver chocolate, como bolos, tortas, biscoitos e mousses.

Alguns cachorros ficam bem após comer chocolate, isso significa que aparentemente não apresentam sintomas, mas isso não quer dizer que não deva levá-lo ao veterinário. Tenha em mente que todo chocolate é prejudicial aos cães, e o diagnóstico final sempre será do médico veterinário.

Sempre tenha o número da clínica em mãos para qualquer ocorrência. Em caso de dúvidas é sempre bom ligar para o médico. O sintomas dos cachorros, após comer o chocolate, podem variar de acordo com a quantidade ingerida e o tamanho do cachorro. Alguns apresentam sintomas leves como diarreia e vômito, mas isso não significa que o caso seja menos importante.

Quanto mais tempo você demorar para socorrer o cão pior ele pode ficar. Não fique esperando para ver se ele terá sintomas, pois se for dentro de uma hora a ingestão do chocolate o veterinário poderá tomar providências, como induzi-lo ao vômito, mas se for mais do que isso o cachorro ficará com a substância dentro do organismo. É importante que a substância tóxica não seja digerida, pois o quadro clínico do cachorro pode piorar.

Para que se tenha ideia de como pode fazer mal ao seu cão, em alguns casos eles são hospitalizados. Por isso socorra seu cachorro o mais rápido possível, independente da quantidade de chocolate ingerida. Quanto mais tempo a substância tóxica fica no organismo, mais risco seu cão estará correndo.

Este artigo é informativo, e tem a função de despertar a consciência de que o chocolate pode realmente ser muito perigoso. Algumas pessoas acreditam que um pouquinho não faz mal, ou que em datas comemorativas o cãozinho merece um presentinho.

É importante informar parentes, amigos e crianças, pois em datas festivas as famílias recebem pessoas em casa, e podem não ter conhecimento sobre a toxicidade do chocolate, não vendo mal em oferecer ao cachorro. Oriente também cuidadores que possam ficar com o animal enquanto você não estiver presente.

Se estiver viajando com o cão procure saber se há hospitais e pronto atendimento para animais na cidade, para qualquer tipo de emergência. Procure ter sempre o telefone em mãos, e deixe as pessoas ao seu redor avisados, para poderem te ajudar nessas ocorrências.

Nunca deixe estranhos oferecerem algum tipo de alimento para seu cão, mesmo que seja um pedacinho ou pareça inofensivo. Muitos já tiveram experiências de oferecer bolos e até mesmo chocolate e não observaram sintomas nos cães, por isso costumam achar que não faz mal, o que não é verdade.

Compartilhe esta informação com o máximo de pessoas que você puder, para sensibilizar a todos da importância de prevenir acidentes com a ingestão de chocolate feita pelos cães.

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *