Seu cachorro está estressado, agitado e muito teimoso? Que tal colocá-lo para escutar música? Ela pode deixar o seu melhor amigo bem relaxado, sabia?

Você ama música? Acredite, o seu melhor amigo, também! É isso mesmo, as músicas podem ter grandes influências sobre o comportamento canino, por isso, acrescente repertórios variados, principalmente, se notar que o cachorro está estressado ou agitado com muita frequência. Pesquisas realizadas entre médicos, cientistas e veterinários concluíram que a música proporciona muitos efeitos terapêuticos nos cães, porque depois do olfato, a audição é considerada o segundo sentido mais aguçado nestes animais.

Os benefícios da música clássica para os cães

Assim, não importa a raça ou tamanho do seu melhor amigo: a música pode acalmar e aliviar stress, desde raças menores como lhasa apso, pinscher, maltês à raças maiores como labrador, Colly, Dogue Alemão, entre outros. Os cães passam, constantemente, por situações de stress, que podem afetar tanto o comportamento, quanto o metabolismo deles. Os médicos afirmam que os estresses nos cachorros são mais acentuados, que em nós. Por isso, muitas vezes, é comum cães que passam muito tempo sozinho bagunçarem a casa.

Sabe quando você vai trabalhar e só volta no fim do dia? Ao deixar, o seu melhor amigo sozinho em casa, ele sente a sua falta e isso o deixa estressado. Portanto, a música é uma excelente alternativa para acalmá-lo e deixa-lo feliz.

A pesquisa foi realizada pela Universidade de Viena e concluiu que a música é, realmente, eficaz e atua de forma terapêutica. Porém, os estudos, também, mostraram que a música clássica branda é a melhor alternativa. Assim, adicione repertórios deste estilo musical e coloque-o para o seu amigo escutar. Isso ocorre porque o coração dos cachorros altera a frequência cardíaca para tentar acompanhar a frequência musical. Entre outros motivos relatados na pesquisa, destaca-se a reação do cérebro devido à vibração das notas.

O resultado deste estudo nos cães foi bem claro: 85% teve uma redução bem significativa no nível de estresse ao comparar com os outros cães. Outro fato interessante, é que o estudo mostrou que os cachorros que escutam músicas com frequência, são mais resistente à situações que demandam estresse.

Portanto, depois destas dicas, aproveite para adicionar sonatas, sinfonias e cantadas para tentar controlar e diminuir o estresse no seu cão. Assim, coloque-o para escutar Mozart e deixa-lo bem calmo e tranquilo. Além disso, a música clássica apresenta outra vantagem: ela pode ser usada para tentar ambientar o novo animal em um local. Logo, se você tem um cachorrinho novo, tente usar a melodia da música, para que ele se acostume no novo lar. Viu como a música pode trazer diferentes benefícios?


1 COMENTÁRIO

  1. Ola boa noite. Estou me formando em Musicoterapia e estou fazemdo meu tcc sobre a musicoterapia em aniamis e gostei muito da materia de voces. Mas para um trabalho academico necessito de fontes mais concretas. Sera que vcs poderiam me ajudar enviando algumas fontes de onde tiraram para faer a reposrtagem por favor?

    Agradeco muito pela ajuda de voces

    Taciana

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui