Qual é a potência da mordida de um pitbull?

Se não fosse um cachorro, seria uma máquina de matar. Confira a potência da mordida de um pitbull.

A mordida de um pitbull é uma das mais potentes não apenas entre os cães, mas de todo o Reino Animal. Com seus 42 dentes e uma força descomunal — não só nas mandíbulas —, a potência total chega a atingir 200 quilos – cerca de 108 kg/cm2.

Qual é a potência da mordida de um pitbull?

De acordo com o ranking organizado pelo Site de Curiosidades, os campeões de potência de mordida são os seguintes:

01. aligátor americano (Aligator Mississippiensis): 965 kg (o suficiente para romper cascos de tartarugas fluviais);

02. hiena-malhada (Crocuta crocuta): 455 kg (ao contrário de outras hienas, a malhada não é carniceira, mas uma caçadora eficiente; as suas mordidas podem quebrar os ossos das presas, como gazelas);

03. leão (Panthera Léo): 430 kg (é potência suficiente para sufocar presas grandes, como zebras e antílopes, de forma praticamente instantânea);

04. anequim (Carcharodon carcharias): 270 kg (com mais de 300 dentes, o grande tubarão-branco, anequim ou esqualo consegue arrancar 15 kg de carne de uma só vez);

05. onça-pintada (Panthera onça): 270 kg (suficiente para abater uma anta, o maior mamífero herbívoro da América do Sul. A mordida é menos eficiente do que a do squalo porque o maxilar das onças não é móvel);

06. pitbull: um honroso sexto lugar.

Completam o Top 10 outros crocodilianos (como os jacarés brasileiros), os hipopótamos e os tubarões-charuto, cujo alimento principal é a carne de algumas baleias.

O Homo sapiens apresenta uma potência da mordida que atinge 55 kg. Felizmente, a maioria dos humanos não sai por aí mordendo os adversários. Pelo menos, não todos os dias.

O que é potência?

“Potência“, na verdade, é uma grandeza física que indica a quantidade de trabalho em um intervalo determinado (e, neste caso, “trabalho” significa energia consumida ao longo de um percurso).

Em outras palavras, potência é a velocidade com que determinada quantidade de energia é transformada, ou a rapidez com que o trabalho é realizado. Potência é igual à força multiplicadas pela velocidade.

No caso do pitbull, a potência da mordida pode ser comparada a uma pressão de 200 kg nos poucos segundos em que a boca é fechada no membro de uma eventual vítima. O estrago, no entanto, é bem maior.

Quando um pitbull abocanha uma presa, ele continua segurando e dilacerando o tecido atingido, fato que pode provocar um dano bem mais extenso. E, de acordo com o local da mordida, a lesão inicial pode a ser acompanhada por hemorragia interna ou externa, o que pode inclusive levar à morte da vítima.

Potência da mordida entre os cachorros

A potência de uma mordida é mensurada pela Pound force per Square Inch (PSI, sigla em inglês para “libras de força por polegada quadrada”). Aqui, as medidas foram adaptadas para o Sistema Internacional de Unidades (SI), convertendo libras em quilogramas e polegadas em centímetros.

A Associação Médica Veterinária Americana realizou um estudo e classificou as mordidas mais potentes (em quilogramas por centímetro quadrado) entre os nossos amigos peludos.

  • 10 lugar – chow chow: 110 kg/cm2;
  • 9 lugar – pastor holandês: 112 kg/cm2;
  • 8 lugar – pitbull: 108 kg/cm2;
  • 7 lugar – pastor alemão: 120 kg/cm2;
  • 6 lugar – doberman – 122 kg/cm2;
  • 5 lugar – buldogue inglês – 150 kg/cm2;
  • 4 lugar – rottweiler – 165 kg/cm2;
  • 3 lugar – cão-lobo – 203 kg/cm2;
  • 2 lugar – mastim napolitano 280 kg/cm2;
  • 1 lugar – kangal – 379 kg/cm2.

O cão-lobo é um híbrido entre cães e lobos, obtido principalmente em cruzamentos entre lobos americanos e huskies siberianos ou malamutes do Alasca. Vale lembrar que geneticamente cães e lobos pertencem à mesma espécie (Canis lupus) e, portanto, podem acasalar e gerar descendentes férteis.

O kangal é uma raça guardiã de rebanhos pouco conhecida no Brasil, desenvolvida no centro-leste da Turquia a partir do século 17. Alguns machos adultos chegam a pesar 100 kg e atingir 80 centímetros de altura na cernelha.

A grande surpresa deste estudo é que o temido pitbull obteve apenas a oitava colocação. Para o porte médio da raça, no entanto, isto chega a ser surpreendente (estes cães atingem no máximo 58 centímetros de altura na cernelha). De qualquer forma, o resultado desmente a fama de “cachorro assassino que envolve o american pitbull terrier.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas