As 8 melhores rações para cachorros idosos

Por: em

Você convive com cachorros idosos?

Parabéns! Isto significa que você é um tutor responsável; do contrário, eles não teriam atingido oito, dez anos de vida, ou mais. Saiba que é possível aproveitar ainda mais esta convivência: basta cuidar da saúde dos pets – e isto está intimamente relacionado com a alimentação. Ofereça sempre as melhores rações e garanta muitos dias de convívio tranquilo.

Na verdade, cachorros idosos, desde que não desenvolvam doenças graves, podem cumprir as mesmas tarefas para as quais foram destinados originalmente, inclusive tomar conta da casa, mas, principalmente, tomar conta da família (todos eles fazem isto muito bem). O desgaste físico é natural, mas a maioria mantém a mesma disposição para “servir e proteger” que os cães apresentam quando estão se tornando adolescentes.

Seguir Cães Online no Facebook
melhores-racoes-para-cachorros-idosos

Garantindo a boa saúde

Um velho ditado diz que “a única certeza da vida é a morte”. Poderíamos incluir que a velhice também é uma certeza: afinal, a alternativa a ficar velho é morrer cedo, algo que não desejamos nem para nós, nem para a nossa família – aí incluídos os parentes de quatro patas.

É importante cuidar da saúde dos cachorros desde cedo. Os filhotes já podem começar a receber rações especiais isentas de radicais livres, elementos associados ao envelhecimento celular. Desta forma, eles se desenvolverão de forma adequada.

Mesmo assim, os cachorros idosos são menos intensos, eles têm menos “combustível” para gastar. Desta forma, é preciso respeitar o ritmo: se eles não conseguem fazer uma caminhada em marcha rápida, reduza o tempo e a intensidade do exercício. E siga sempre as recomendações do médico.

As doenças mais comuns

Quando os cachorros se tornam idosos – a partir dos oito anos de idade –, podem surgir alguns problemas de saúde. Os cães molossoides (como o fila brasileiro e o mastim napolitano), por exemplo, podem sofrer com doenças do aparelho esquelético, também comuns entre os pastores alemães e belgas (algumas linhagens destas raças desenvolvem displasia coxofemoral com relativa facilidade).

Por razões óbvias, o teckel (dachshund), mais conhecido como “salsicha”, pode sofrer com distúrbios na coluna vertebral. Os retrievers do labrador podem apresentar transtornos renais (como insuficiência), enquanto os são bernardos apresentam tendência para a dilatação gástrica.

Os problemas mais comuns, no entanto na velhice, porém, são os dentários, como o tártaro, e os metabólicos, como o diabetes. Estes problemas, porém, podem ser prevenidos ou atenuados com uma boa alimentação: as melhores rações para cachorros idosos têm flocos mais macios, que facilitam a ingestão e ajudam a combater a placa bacteriana.

As rações

Estão disponíveis no mercado produtos específicos para cachorros idosos: são as rações classificadas como “Sênior”. A maioria pertence às categorias “Premium” e “Super Premium”. As marcas mais bem avaliadas de rações para os nossos velhinhos são as seguintes:

Premier Pet Sênior – são rações “Super Premium”. O fabricante oferece produtos para cães de porte pequeno, médio e grande, em diferentes tamanhos de embalagens. Existem também as opções para “ambientes internos”, que ajudam a controlar o volume e cheiro das fezes;

Golden Fórmula Sênior – são rações “Premium”, do mesmo fabricante da linha Premier. Os produtos contribuem para melhorar o funcionamento gastrointestinal, reduzir a formação do tártaro e aumentar a longevidade. São alimentos completos e não necessitam de nenhuma suplementação;

Royal Canin Ageing 8+ – também “Super Premium”, o produto fortalece ossos e articulações e equilibra o funcionamento intestinal. A ração é enriquecida com ingredientes específicos para garantir pele saudável e pelos brilhantes. Disponível para cães pequenos, médios e grandes;

Hills Science Diet Cães Adultos 7+ – a formula especial desta ração “Premium” promete devolver a energia da juventude em apenas 30 dias. O produto fortalece o sistema imunológico e preserva as massas óssea e muscular. A ração é suplementada com glucosamina e sulfato de condrotina, que melhoram as condições dos ossos e articulações;

Gran Plus Sênior – esta ração “Premium” é livre de corantes e fonte de boas proteínas, mas contém ingredientes transgênicos (milho e sorgo) e antioxidantes sintéticos. Apresentada em versões para cachorros pequenos, médios e grandes;

Eukanuba Sênior – formulada com frango e ovos desidratados, esta ração “Super Premium” é uma boa fonte de proteínas (até 29% do peso total), fibras, carboidratos, vitaminas e minerais. Não contém ingredientes transgênicos nem corantes, mas é suplementada com antioxidantes sintéticos. Previne a formação de tártaro e é enriquecida com probióticos;

Cibau Sênior – ração “Super Premium”, contém ingredientes transgênicos (milho e trigo) e antioxidantes sintéticos, mas é livre de corantes. Oferece opções de acordo com o porte do cachorro: a fabricante se preocupou em formular grãos para cada tamanho de pet. A ração apresenta alto nível de digestibilidade;

Pedigree Equilíbrio Natural Sênior – oferecida em rações secas e úmidas. Feita com grãos integrais, oferece um teor adequado de fibras, que melhoram o funcionamento intestinal. As fontes de proteínas da ração são naturais, com dosagem equilibrada de vitaminas e minerais. Os pedaços da ração são duas vezes mais fáceis de serem quebrados pelos cachorros.

Qual a ração ideal?

Escolha sempre, se possível, rações “Super Premium” ou “Premium”. São mais caras, mas oferecem uma formulação adequada para os cachorros idosos. Nos rótulos, verifique se elas são livres de corantes, que servem apenas para colorir os grãos, sem nenhuma função nutricional.

Felizmente, é possível comprar rações em lojas online, em que o custo dos produtos é sensivelmente mais baixo, porque estes estabelecimentos eliminam diversas despesas que recaem sobre as lojas físicas. Seja como for, pesquisar é fundamental, uma vez que muitos comerciantes desonestos costumam abusar na hora dos preços.

Verifique também, de acordo com o seu nível de exigência, se os produtos são formulados com fontes naturais de nutrientes (proteínas, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais), se possuem antioxidantes sintéticos e se as rações ajudam a diminuir o odor das fezes, a aumentar o volume do bolo fecal, etc.

Lembre-se: o profissional mais indicado para definir o produto ideal para o seu cachorro é o veterinário. Por isto, o check-up anual é fundamental para cães saudáveis. Além disto, o seu pet pode desenvolver diversas doenças relacionadas à idade.

Com isto, pode ser necessário suplementar a ração diária. O cálcio, por exemplo, é muito importante para manter a saúde dos ossos ou atenuar os sintomas de doenças articulares, esqueléticas e musculares.

Tomando alguns cuidados, é possível prolongar a vida dos cachorros idosos e, principalmente, garantir qualidade de vida nesta fase tão especial. A providência mais importante é continuar dando carinho e fazer o seu pet sentir-se útil e amado.

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News