Raça Pug – Características, fotos e vídeos

Não há registros precisos com relação ao surgimento da raça Pug, mas acredita-se que seja originária da China. As grandes navegações do século XVI é que foram responsáveis por levar os cães até à Europa, sendo que primeiramente os holandeses os levaram e em seguida os ingleses. Estes últimos, inclusive, é que foram os responsáveis pela definição do padrão da raça.

Os cães da raça Pug possuem diferentes nomes em alguns países como Alemanha, em que são chamados de Mops, França, em que receberam o nome de Carlin, Itália, em que foram nomeados como Carlino e Inglaterra, onde são conhecidos como Pug-Dogs.

Características – Padrões da raça Pug

Os cachorros Pug apresentam algumas características marcantes, como os olhos redondos e grandes, o rabo em espiral, as rugas e o focinho curto e achatado. Podem ser encontrados nas cores preta ou então abricó, preta e castanho com máscara preta.

A pelagem dos cães da raça Pug é curta, macia e brilhante. Os filhotes Pug costumam nascer com uma coloração mais escura, sendo que o pelo vai clareando na medida em que eles crescem.

Os exemplares da raça medem entre 25 a 28 centímetros de altura e o peso costuma oscilar entre 6 e 11 kg.

Os cachorros Pug vivem em média de treze a quinze anos e costumam apresentar problemas como obesidade, visto que são muito comilões, dermatites e conjuntivite.

Temperamento da raça Pug

Os cachorros Pug são bastante dóceis e apegados aos donos, mas não costumam fazer muita festa para pessoas estranhas, sendo inclusive desconfiados e alertas com elas.

Os exemplares da raça Pug costumam se relacionar bem com outros cães e também com crianças, desde que o relacionamento seja gentil, caso contrário é bem provável que preferirão manter distância.

Os Pugs costumam ser bastante comilões e por conta disto é necessário que sejam feitos passeios regularmente, salvo quando as temperaturas estejam muito altas, o que pode ser prejudicial em função do focinho achatado, que dificulta a respiração.

Os cachorros Pug praticamente não latem, exceto quando há algo de estranho, e por esta razão são ótimos candidatos para viverem em apartamento, porém, os cães desta raça detestam ficar sozinhos por longos períodos.

Dicas e cuidados com a raça Pug

O pelo curto dos Pugs praticamente não demanda cuidados, sendo que banhos periódicos dão conta do recado. Nestas horas, no entanto, é importantíssimo prestar atenção às rugas, que devem ser muito bem secas, evitando-se assim a proliferação de fungos. É recomendável ainda que estas rugas sejam limpas com um algodão umedecido uma vez por semana.

Com relação ao adestramento dos filhotes Pug é recomendável que o mesmo seja feito desde cedo, caso contrário os cães poderão simplesmente não obedecer ao dono.

Fotos da raça Pug

Vídeos da raça Pug

7 Comentários

Deixe uma resposta