7) Golden retriever

Apesar de algumas semelhanças, o golden retriever e o retriever do labrador possuem trajetórias bem diferentes. O retriever dourado foi desenvolvido na Escócia; os habitantes locais desejavam obter um cão mergulhador e destemido, disposto a enfrentar pântanos e brejos para recuperar a caça.

raças-mundo-golden-retriever

Os exemplares atuais continuam bastante corajosos, mas são adotados especialmente por quem deseja ter um cão de companhia para todas as horas: passeios, brincadeiras, proteção de crianças e idosos (graças ao comportamento tranquilo) e até mesmo uma “patrulha” pela propriedade. Não são exatamente cães de guarda, mas adoram nadar e jogar frisbee.

6) Yorkshire terrier

O comportamento de um yorkshire terrier reflete a postura dos donos: mimado, ele se torna manhoso e dengoso (um destes indivíduos chegou a ser carregado na bolsa pela personagem da atriz Reese Whiterspoon, em “Legalmente Loira”.

raças-mundo-yorkshire-terrier

Educado com mais liberdade, ele desenvolve certo senso de autonomia – afinal, ele é um representante dos cães terriers, grupo de caçadores desenvolvidos há séculos na Europa. Os cães originais eram maiores, mas a maioria dos criadores deu preferência a animais de pequeno porte, com pelagem cada vez mais longa. É outra raça ideal para apartamentos, mas precisa de passeios diários.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui