Eles podem ser elétricos, agitados, mas são sempre brincalhões. Só quem já teve um cão hiperativo sabe o trabalho que eles podem causar e quantos móveis e chinelos eles podem comer, mas você sabia que há como domar seu cão e remediar a situação? Confira aqui algumas dicas de como cuidar do seu cãozinho hiperativo.

Cachorros Hiperativos: O que fazer?

Como identificar a hiperatividade?

Mais um dia normal. Você sai para trabalhar, deixa seu animal de estimação sozinho e, ao voltar, a casa está de pernas pro ar. Se isso é constante, saiba que seu cachorro pode ser hiperativo, que por vezes também pode ser chamado de déficit de atenção. Agitação é apenas uma de suas características, que podem ser também a mania de choramingar constantemente pela casa mesmo tendo a devida atenção do dono e uma certa dificuldade para dormir. Você pode saber se seu cão é hiperativo de fato através de exames de sangue, após consultas com o seu veterinário.

Como tratar um possível déficit de atenção ou hiperatividade?

Preste muita atenção: nem todo cão agitado é hiperativo. Muitas vezes isso pode ser uma reação à alimentação errada (que por vezes causa o excesso de energia e alergias alimentares), a falta de atenção do dono, ausência de algum brinquedo interessante, ou até mesmo uma tendência da raça do seu animal. Boas alternativas costumam ser o uso de florais, a compra de novos brinquedos para seu cão, matriculá-lo numa creche canina para estimular o convívio com outros cães e mantê-lo distraído, pedir a ajuda de um adestrador e tentar o incentivo de exercícios físicos. Não sabe como fazer isso? Simples. Quando for praticar corridas ou caminhadas por exemplo, leve seu cão com você, mas sempre atentando às limitações do seu bichinho, já que há raças que não podem ser submetidas a grandes esforços físicos, sendo o Pug um deles. Outra boa alternativa é (quando o dono tem esteira em casa), praticar exercícios em casa ao lado do seu cão, ou até mesmo deixá-lo correndo sozinho porém não muito rápido, afim de evitar possíveis acidentes.

É importante também não demonstrar estar achando graça de um possível comportamento errado do seu animal. Ao comer todo o rolo de papel higiênico, bagunçar todas as roupas e ver o seu dono rindo, tirando fotos, o cão passa a acreditar que tem sua aprovação e tem pra si que aquela é uma boa maneira de brincar com seu dono ou chamar atenção, e isso não vale apenas para cães hiperativos. O mais importante de tudo: mantenha sempre a paciência com seu melhor amigo. A doença tem tratamento, e logo logo você poderá não vê-lo mais comendo o pé dos móveis.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui