Será que já esta na hora da sua cachorrinha ter filhotes? Fique por dentro das dicas!

Você esta pensando em colocar a sua cachorrinha para cruzar? Mas, quando será que é o período ideal para que ela possa iniciar a sua vida reprodutiva? Se você esta pensando nestes fatores saiba que precisara ter alguns conhecimentos, para que tudo dê certo. Aos 08 meses de idade as cachorras já estão prontas para entrar no cio, mas algumas só tem o primeiro cio quando completa 12 meses. Além disso, a maior parte das cachorras repete o cio a cada 06 meses, e outras, somente, possuem um cio por ano.

cachorra-cruzar-periodo

Desta forma, é importante que você conheça a sua cachorra e saiba quando ela esta no cio. Aos 08 meses, os cães ainda estão em fase de formação, ou seja, ainda não se desenvolveram de forma completa, por isso, não é indicado que as cachorras cruzem no primeiro cio, porque ainda são consideradas filhotes. Desta forma, ela ainda esta aprendendo e se desenvolvendo.

Quando deixar a cachorrinha cruzar? O recomendado é que a cachorra cruze quando tiver 2 anos de idade e no máximo seis ou sete. Depois desta idade, a cachorra ainda continua entrando no cio, mas ela é idosa e o organismo pode não aguentar muito bem uma gestão, e assim a vida dela pode correr perigo e o dos filhos, também. A amamentação, por exemplo, requer um bom estado de condição do organismo.

Você sabe quanto tempo pode durar um cio? Ele pode durar até 15 dias, mas isso é muito variável, ou seja, cada cachorra tem o seu próprio tempo. Isso também depende se ela é mais velha ou mais nova. Muitas vezes, as cachorras demoram a notar os cães machos, por isso, se resolver colocar a sua cachorrinha para cruzar, deixe-a com o companheiro por, pelo menos, mais de dois dias juntos.

Depois que a cachorrinha estiver prenha, ela deve demorar em torno de 63 a 65 dias para ter os filhotes. Durante este período, ela deve ser alimentada com rações para filhotes, porque contém um alto teor de cálcio. Não acasale a sua cachorra por dois cios seguidos, porque ela deve se recuperar entre uma gestação e outra. Ela precisa descansar e repousar, também.

Antes de cruzar a sua cachorra, converse com o veterinário, para que ele possa te orientar. Além disso, durante e depois da gestação é fundamental que os cães, também, sejam acompanhados pelo veterinário.

Gostou das dicas? A sua cachorrinha já teve filhotes? Conte no blog!


2 COMENTÁRIOS

  1. Artigo desnecessário e desconectado da realidade dos cães e gatos. Se a pessoa quer vivenciar uma gestação e convívio com filhotes, que ofereça lar solidário para as centenas de cadelas prenhes que vagam pelas ruas resultantes de um sistema de controle populacional falho.
    Se o desejo é o de ter mais um animal, o site deveria se preocupar em incentivar a adoção e permitir que os milhares de animais acumulados em abrigos e CCZs tenham uma chance de vida feliz.
    Desincentivar o comércio de animais, pois vidas não são mercadorias!
    Ou ao menos realizar um artigo para que se a decisão de comprar for irredutível, que a pessoa vá conhecer o criador, os pais e a forma como são mantidos, pois a grande maioria, são de pessoas gananciosas que exploram vidas como forma de obter ganhos financeiros sem a mínima preocupação em cuidados e afeto pelos pobres seres.
    Enfim, na nossa luta constante por conscientização e mudança de realidade dá um desânimo enorme se deparar com um artigo como este apresentado pelos senhores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui