Cães se divertem em uma piscina em formato de osso na creche canina

Por: em

A piscina construída recentemente em formato de osso é a principal diversão desta creche para cães. Veja o vídeo…

Uma piscina construída em uma creche para cães dos EUA tem encantado os tutores e garantido a diversão dos “alunos” que frequentam a instituição. O tanque, inaugurado no verão de 2021 (no hemisfério norte) foi projetado em formato de osso. Dificilmente os cães conseguem perceber este detalhe, mas é um diferencial e tanto para os pais de filhos de quatro patas. 

Creches para cães têm se tornado cada vez mais populares nos EUA – e já chegaram às principais cidades do Brasil. Trata-se de um espaço em que os animais de estimação podem brincar, passear no gramado, socializar com os colegas e gastar muita energia; assim, no final do dia, eles voltam para casa cansados e prontos para dormir. 

A creche 

O Lucky Puppy Doggy Day Care foi fundado em 2000, em Lansing (capital do Estado de Michigan, no nordeste dos EUA), e é o primeiro centro exclusivo para cães que precisam de espaço para ficar durante o dia, enquanto os tutores estão cuidando de seus negócios e obrigações. 

Mais recentemente, a creche inaugurou uma segunda unidade, desta vez em Maybee, também no Michigan, distante 150 km da capital. É em Maybee que foi instalada a piscina em forma de osso para os cachorros. 

Em um espaço de mais de sete mil metros quadrados, os cães de todas as idades, em vez de ficar em casa sozinhos e entediados, podem se divertir em vários ambientes, como jardim, playground, ginásio esportivo e, claro, a piscina. 

Os tutores podem optar por deixar os cães apenas ocasionalmente, quando alguns compromissos pontuais impedem de mantê-los em casa, ou deixá-los frequentar a creche regularmente, de segunda a sexta-feira. De acordo com o site da instituição, um dia de creche custa pouco mais de US$ 30 (R$ 160), enquanto a mensalidade sai a partir de US$ 500 (R$ 2.600). 

O Lucky Puppy (“filhote de sorte”, em tradução literal) também oferece serviços de hospedagem, para garantir a tranquilidade e segurança dos animais de estimação durante as viagens da família. Os tutores também podem contratar banho e tosa, treinamento básico e adestramento avançado, como técnicas de agility e corrida. 

Nos dias quentes, a principal atração do Lucky Puppy é, sem sombra de dúvida, a piscina. A creche possui 100 alunos regulares, além dos clientes que se hospedam apenas alguns dias por mês e, no curto verão do Michigan, a lotação dobra: no sul do Estado, as temperaturas podem atingir 38°C, e nada melhor que um banho refrescante para relaxar e brincar. 

O número de interessados neste tipo de serviço, no entanto, é muito maior. Os vídeos postados nas redes sociais da creche, com registros das brincadeiras na piscina em forma de osso, já receberam mais de 300 mil visualizações. 

A piscina tem seis metros de largura por 12 metros de comprimento. A profundidade não ultrapassa 1,5 metro e os cães são assistidos por salva-vidas e recreacionistas enquanto se divertem na água. A proprietária da creche, Brenda Langley, costuma mergulahar pessoalmente com os alunos. 

A piscina é muito semelhante a um tanque infantil, com apoios para sair da água com segurança nas duas laterais. Na parte rasa, os filhotes, idosos e convalescentes (em recuperação de doenças e traumas) brincam com segurança. 

As vantagens 

Além do aspecto lúdico, a piscina da creche ara cães cumpre diversas outras funções. Natação é um exercício aeróbico completo, que fortalece o organismo canino (respiração, batimentos cardíacos, fortalecimento e músculos e ossos, etc.). 

Os peludos também são estimulados a compartilhar, de forma organizada, o espaço com os colegas. Os jogos organizados pelos monitores ajudam os cachorros a internalizar regras e também desenvolvem a inteligência dos animais. 

Os cachorros melhoram a autoconfiança, mantém o peso ideal sob controle e se tornam menos agressivos com outros animais (inclusive humanos). O melhor de tudo, porém, está na brincadeira. A diversão é para quem mergulha na piscina e também para quem assiste às imagens. 

Famílias cujo orçamento doméstico não permite arcar com despesas de uma creche para os cachorros não precisam ficar de fora da brincadeira. Os peludos se divertem também em uma piscina de plástico, em um piso molhado e até “brandindo” uma mangueira. Com um pouco de criatividade, é possível tornar os cães mais felizes, equilibrados e ajustados. Além disso, brincar com um cachorro é terapêutico também para os humanos.