Quem possui mais de um cão em casa sabe que é natural que eles acabem se estranhando de vezem quando. Muitasvezes, as brigas ocorrem porque os cães se comportam a partir de uma hierarquia entre os animais.

evitar-brigas-de-cães

Como os cachorros são animais acostumados com o convívio em grupo, eles sabem instintivamente que cada grupo funciona hierarquicamente. As brigas começam quando um cão se sente suficientemente forte para conquistar a liderança de seu grupo. Diante dessa situação, cabe a você evitar os conflitos.

Em uma residência, o cão alfa é aquele que se alimenta primeiro e recebe a sua atenção antes dos demais. A não ser que o cão líder esteja idoso ou aceite outro em seu lugar, é preciso reforçar a liderança do cachorro que assumiu a posição de líder no grupo. Não tenha medo de achar que estará cometendo uma injustiça com os demais, pois a necessidade da figura do líder é algo natural para eles, e se você tentar tratá-los igualmente, as brigas continuarão até que um deles prevaleça.

evitar-brigas-de-cães

Quando há um líder claramente definido numa casa, os animais vivem em mais harmonia entre si, brigando com menos frequência e por outros motivos. Para tanto, você deve fazer a sua parte. Além disso, você não pode deixar que o cão líder pense que está em um nível acima do seu, pois isso pode prejudicar o seu relacionamento e todo o equilíbrio da casa.

Lembre-se de que nem sempre o cão mais velho ou o mais forte é o líder do grupo. Para identificar quem é o líder na sua casa, basta ficar atento ao acesso dos cães a alimentos e brinquedos. Na hora de tomar água, por exemplo, o cão que beber primeiro é o líder, enquanto o outro é o subordinado e só tomará depois que o líder terminar. Por sua vez, o cão que recuar na hora de pegar uma bolinha jogada por você claramente não é o líder, por ter deixado o outro abocanhar o objeto. Já a passagem por portas mostra que o primeiro a passar tende a ser o líder do grupo.

evitar-brigas-de-cães

No caso de fêmeas, elas podem brigar quando estão no cio ou em momentos após o parto. Porém, essas situações de conflito entre fêmeas são provisórias, pois as cadelas no cio passam por alterações hormonais que podem aumentar a agressividade, enquanto os filhotes geram o instinto protetor de suas crias. Por isso, não deixe cadelas próximas quando estiverem no cio e evite o contato de outros cães e até de humanos quando a mãe estiver cuidando de seus filhotes.


1 COMENTÁRIO

  1. OLA TENHO DOIS CÃES UM LABRADOR COM HOTTWEILER E O OUTRO É VIRA LATA PORTE MÉDIO, SEMPRE FOI O CHEFE AO LEVAR ELE NO PET PARA TOSAR E DAR BANHO O OUTRO NÃO ACEITA MAIS E SE PEGAM , SE DEIXAR SE MATÃO , QUE POSSO FAZER PARA ELES SE ACERTAREM NOVAMENTE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui