Essas doenças prejudicam muito a saúde do seu melhor amigo. Saiba como evitá-las!

Tanto a Gengivite, quanto a periodontite são doenças silenciosas, progressivas e que causam distúrbios na boca dos cães. Além disso, ambas as condições podem provocar doenças em outros órgãos do corpo. Por isso, é fundamental que o dono leve periodicamente o cão para o veterinário para avaliar a sua saúde bucal. Conheça mais sobre essas doenças!

gengivite-canina

O que elas são?

A gengiva é a mucosa, ou seja, a parte que envolve os dentes do cão. O periodonto é a estrutura responsável pela fixação do dente na mandíbula ou na maxila. Desta forma, a gengivite pode ser definida como a inflamação na mucosa e a periodontite é a inflamação na estrutura.

Quais as consequências desta doença?

Um dos sintomas mais comuns é o sangramento devido à inflamação. Por exemplo, o seu melhor amigo adora roer ossos? Se você perceber que a boca dele está sangrando quando rói um osso, isso pode ser sinal de gengivite e periodontite. Ou seja, é fundamental que o dono esteja atento a todos os detalhes da boca do cão.

Com a evolução da doença, a raiz dos dentes ficam expostas, e assim o cão pode sentir muita dor para comer ou beber água. Se você notar que ele está se alimentando com dificuldade, leve-o ao médico.

Além disso, quando a inflamação começa a progredir parte dos ossos e também do ligamento periodontal vai se destruindo e assim os dentes podem cair. Portanto, a gengivite e a periodontite pode prejudicar muito a saúde do seu melhor amigo. Fique sempre atento a saúde bucal dele!

Existe Prevenção?

Sim, estas doenças podem ser prevenidas. Lembre-se sempre de que prevenir, é melhor do que remediar. Para prevenir a Gengivite e a Periodontite escove os dentes do seu melhor amigo diariamente, para que as bactérias possam ser removidas.

Porém, use produtos específicos para cães. No pet shop eles podem ser encontrados com muita facilidade! Use escova de dente e creme dental próprio para cachorros. Você deve acostumar o seu cachorro a escovar dente deste filhote, assim, ele vai se acostumando e habituando.

Além disso, você pode usar outros itens para prevenir tártaros, tais como ossinhos duros, petiscos resistentes, líquidos, entre outros.

Todavia, essas ações são secundárias. A principal forma de proteger o seu cão contra a gengivite e a periodontite é a escovação dentária diariamente.
Gostou das dicas e de conhecer um pouquinho mais sobre a Gengivite e a Periodontite? Conte para a gente!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui