Os cães tem sexto sentido?

Por: em

Há muita polêmica relacionada à questão se os cães têm sexto sentido ou não, para alguns cientistas este sexto sentido atribuído aos cães não passa de mera especulação, para outros o que os animais têm na verdade são sentidos (olfato, audição) altamente apurados em comparação aos sentidos humanos e por causa deles tem a capacidade de perceber acontecimentos muito antes de eles realmente acontecerem como, por exemplo, terremotos e outros desastres naturais. Estes sentidos fazem com que os animais e mais particularmente os cães reajam muito mais sensivelmente às mudanças ainda nem notadas pelo homem. Há ainda aqueles cientistas que aceitam a alternativa de que os animais possuam habilidades sensoriais aprimoradas que os seres humanos não possuem. Estes cientistas relacionam essas percepções a estímulos sensoriais microscópicos e invisíveis que somente os animais têm.

Os cães tem sexto sentido?

Tudo bem que os animais, em geral, possam notar mudanças climáticas e pressentir a chegada de catástrofes muito antes de nós devido aos seus sentidos, mas como explicar o comportamento de cães que se antecipam, muitas vezes, em até meia hora a chegada de seus donos, que na maior parte dos casos, estão a distâncias impossíveis de se notar pelo cheiro ou pelo som mesmo com seus sentidos apurados, e outros que captam e em diversas ocasiões até parecem prever algum mal estar de seus donos?

Os relatos sobre este tipo de comportamento dos cães não são poucos, há um caso de uma mulher alemã que sofre de epilepsia e possui um casal de vira-latas. Sempre que o ataque epilético se inicia os dois cães estão ao redor e um deles coloca-se entre a mulher e o chão na tentativa de suavizar lhe a queda. Outro fator interessante é o senso de direção que os cães têm e que sempre os faz encontrar o caminho de volta, de acordo com a teoria de um biólogo inglês este comportamento não pode ser justificado somente por seus sentidos apurados, mas sim por capacidades superiores do que a ciência tradicional poderia consentir.

Segundo o biólogo inglês Rupert Sheldrake, estes comportamentos vão muito além de meras coincidências, para ele isso acontece quando nos conectamos a uma forma de consciência primitiva, para ele os cães têm habilidades que os humanos perderam e por isso, eles teriam muito para nos ensinar. Sheldrake é autor do Best-seller Cães sabem quando seus donos estão chegando e para comprovar sua teoria, no livro, fez diversos testes que mostravam que o cão era capaz não somente de prever a chegada de sua dona muito antes do fato realmente acontecer, mas de que ele se levantava para espera-la no momento em que esta, ainda em seu trabalho, a quilômetros de distância, tomava a decisão de ir embora, mesmo inserindo ao longo do teste diversas variações na rotina da sua dona. Era como se o seu cão lesse os seus pensamentos. Muitos cientistas não acreditam na teoria de Sheldrake, mas ele insiste em dizer que os cachorros, assim como outros animais, têm poderes extrassensoriais. E você vai acreditar em quem?