InícioHistórias FelizesCachorro resgatado mostra toda a alegria por se livrar das correntes

Cachorro resgatado mostra toda a alegria por se livrar das correntes

Este cachorro, apesar de toda a alegria, não conseguia acreditar que estava livre das correntes.

Quando o Dogs Deserve Better, um centro de resgate, abrigo e adoção de animais de Smithfield, na Virgínia (costa leste dos EUA), foram acionados por vizinhos, informando que um cachorro era mantido acorrentado em uma casa, a equipe sabia que precisaria se desdobrar em esforços.

De qualquer forma, os voluntários sabiam que precisavam resgatar o animal: ninguém merece viver em correntes, sejam quais forem as condições. Mas eles não poderiam imaginar que o cachorro demonstraria tanta alegria ao se sentir livre novamente.

Cachorro resgatado mostra toda a alegria por se livrar das correntes

O resgate de Asher

Asher é um pitbull e tinha aproximadamente dois anos quando foi resgatado. Ele foi encontrado sem nenhum tipo de proteção contra o frio, sem alimento e com uma corrente grossa atada ao pescoço.

Os voluntários sabiam que alguns cachorros podem ser muito agressivos e violentos – os pitbulls especialmente gozam dessa triste fama. Por isso, aproximaram-se calmamente, esperando a reação do animal.

cachorro-resgatado-mostra-alegria

Eles estavam convictos de que, de uma forma ou de outra, ninguém merece viver preso (o nome do centro de resgate significa “os cachorros merecem o melhor”, em português) e, portanto. Deveriam retirar as correntes.

Asher não demonstrou nenhuma reação quando os voluntários entraram no quintal. Ele parecia desconfiado e estava muito atento, mas não mostrou nenhum ímpeto de atacar. A equipe cercou o animal, que continuava parecer estar tentando descobrir o que eles estavam fazendo ali.

Finalmente, o pitbull entendeu a intenção dos forasteiros: eles queriam retirar a corrente! Provavelmente, para o animal, isso não seria possível. Afinal, ela pesava no seu pescoço há tanto tempo que nem ele conseguia se lembrar.

cachorro-resgatado-mostra-alegria

Realmente, deu muito trabalho libertar o cachorro. Os voluntários tiveram de usar uma série de ferramentas para não ferir o animal e também para não danificar o patrimônio alheio. Apesar de estarem em uma operação de resgate, eles conheciam as muitas reações negativas de tutores contrariados.

No abrigo

O cachorro não conseguia esconder a alegria que estava sentindo. Ele tentava agradecer a todos os voluntários ao mesmo tempo e causou uma enorme confusão. Mas Asher já se comportava como um velho conhecido, querendo demonstrar a gratidão e o afeto que estava sentindo.

O pitbull embarcou tranquilamente no carro do resgate e não tentou pular ou fugir durante o trajeto para o abrigo. Finalmente, ao chegar à sede do Dogs Deserve Better, ele já parecia familiarizado à equipe e seguiu os resgatadores sem demonstrar medo nem ansiedade.

Ele ficou esperando algum tempo, até que percebeu que um dos “heróis do dia” estava no escritório ao lado, sentado em uma escrivaninha – a resgatadora estava em um telefonema com um dos patrocinadores do centro de resgate.

cachorro-resgatado-mostra-alegria

Mas Asher deve ter pensado que ainda não havia agradecido de modo suficiente. Ele “invadiu gentilmente” o escritório e pulou no colo da nova amiga, explodindo numa festa de alegria e agradecimento. Ele se sentia realmente “obrigado” a demonstrar afeto pelos que conseguiram retirar a corrente do seu pescoço.

Pitbulls não são exatamente cães de colo. A raça não é considerada de grande porte, mas estes animais são pesados e compactos. Mas Asher deve ter acreditado que, para quem arranca uma corrente, suportar o peso de um cachorro não é nada demais.

Ele saltou sobre a resgatadora, descansou as patas nos seus ombros e envolveu-a em um abraço amoroso. Ela ainda tentava conversar com o patrocinador, mas Asher queria um tête-à-tête e ficou esfregando a cabeça no rosto da benfeitora.

Depois de agradecer a benfeitora, Asher repetiu o gesto com todos os voluntários do Dog Deserve Better que encontrou pela frente. Depois de muita festa, ele finalmente foi recolhido a uma das gaiolas do abrigo.

A adoção

O melhor estava por vir. Asher continuou demonstrando o comportamento amigável e afetuoso com todos os que se aproximavam dele no abrigo. Para a equipe do Dogs Deserve Better, ficou difícil tentar entender como alguém mantinha acorrentado um cachorro tão brincalhão e gentil.

Mas o tempo no abrigo durou pouco. Asher logo encontrou uma família de humanos para cuidar, além de um novo irmão de quatro patas, Benji. Agora, o pitbull vive em uma fazenda de 17 hectares e tem muita coisa a desbravar.

Ele percorre a propriedade todos os dias ao lado do novo tutor, livre de correntes. A parte preferida, no entanto, é o jardim em frente à casa da família – um local ideal para pequenos cochilos entre as muitas tarefas de um fazendeiro.

Ele descobriu uma nova preferência gastronômica: os tomates. Toda vez que os tutores colhem tomates na horta, ele rouba alguns e brinca um pouquinho, rolando-os na terra antes de devorá-los.

Asher ainda tem dois desafios pela frente. Ele precisa descobrir “como funcionam” as mais de 30 galinhas que sempre cercam o tutor quando ele distribui ração. Ele ainda não sabe se são amigas ou inimigas.

O segundo desafio pode estar prestes a ser vencido. Todos os dias, a tutora nada na piscina atrás da casa e Asher parece estar convencido de que isso pode ser bem legal. Por enquanto, ele ainda resiste aos convites, mas, dia desses, é possível que ele dê um mergulho formidável!

Veja o vídeo:

Amaury Almeida Costa
Amaury de Almeida Costa ([email protected]) é redator publicitário há mais de 30 anos. Escreve para diversos blogs desde 2008. Presente nas redes sociais desde a época do Orkut, foi editor da revista Animanews, sucesso editorial do final dos anos 1990, que trazia informações sobre pets – além de cães, gatos e aves, trazia informações sobre répteis, anfíbios, peixes e invertebrados de estimação.
RELACIONADOS

Últimas Publicações