Jovem casal transforma sua moto para para viajar com os seus cachorros

As imagens de um casal viajando de moto com os cachorros está viralizando na internet.

O primeiro vídeo foi postado pelo perfil @jeancarlos, no Tik Tok. Desde então, as imagens foram compartilhadas milhões de vezes e estão presentes em todas as redes sociais. Realmente, é um prazer observar uma família viajando unida.

Nas imagens, um casal está no comando de uma motocicleta, que leva um reboque adaptado: um barril gradeado, em que podem ser vistos dois cachorrinhos simpáticos e curiosos, observando a paisagem da estrada.

Os autores das imagens não revelaram onde o filme foi gravado, mas os textos de apoio estão em espanhol. A aventura da família “mista” deve ter tido como cenário alguma estrada da América Latina ou, quem sabe, da Espanha.

Jovens-adaptam-moto-para-viajar-com-os-cachorros

Viajando com cachorros

Uma das principais dúvidas de quem pensa em adotar um cachorro é com quem deixar o peludo nas ausências. Cachorros são animais gregários que gostam – e realmente precisam – da companhia dos seus tutores.

É possível deixá-los com parentes, amigos, ou pelo menos pedir para que algum vizinho gentil se responsabilize por servir alimento, água e algum conforto durante as viagens dos tutores. Mas nunca é muito fácil encontrar candidatos dispostos a assumirem estas tarefas.

Jovens-adaptam-moto-para-viajar-com-os-cachorros

Outra opção é hospedar os peludos em um hotel para pets – este tipo de estabelecimento está cada vez mais comum nas cidades médias e grandes do país. Trata-se de um misto de creche e dormitório, em que os cachorros podem ficar quando os tutores estão ausentes, sem sentir muita falta deles.

Esta é uma solução prática e saudável, porque os cachorros ficam na companhia de outros humanos e caninos e, assim, não têm tempo para sentir muita saudade. Entre os contras, estão os preços das diárias e a dificuldade em encontrar um estabelecimento responsável, seguro, confortável e divertido.

O casal do vídeo do Tik Tok provavelmente escolheu ficar com o melhor dos mundos: cair na estrada em cima de uma moto, com toda a liberdade, e levar os filhos de quatro patas para curtir o passeio com segurança e comodidade.

O Dezembro Verde

Durante todo o mês de dezembro, campanhas de esclarecimento estarão esclarecendo a população sobre as graves consequências do abandono dos animais de estimação. O objetivo é conscientizar sobre a necessidade da tutela responsável.

Com a chegada das festas e das férias de verão, aumenta o número de cães e gatos abandonados. Muitas famílias pegam a estrada e, ao contrário do casal de jovens que adaptou a motocicleta, simplesmente dispensam os peludos como se fossem trastes velhos.

No Brasil, mais de 30 milhões de cães e gatos vivem nas ruas, de acordo com estimativas da Organização Mundial de Saúde. Vale lembrar que quem pratica negligência e maus tratos contra animais – e abandoná-los é um tipo de negligência – está sujeito a uma pena de até cinco anos de detenção, conforme a nova redação da Lei de Crimes Ambientais, sancionada em 2021. Os processos correm nas varas criminais e não mais nos juizados especiais.

De acordo com a comissão de bem-estar animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo, a maioria dos cães abandonados pelos tutores não é resgatada, permanecendo sujeita à fome, exposição ao tempo, riscos de quedas, atropelamentos e brigas. Muitos animais morrem nos primeiros dias do abandono.

Cachorro pode andar de moto?

Nas fotos e vídeos que ilustram esta matéria, tecnicamente, os cachorros não estão andando de moto, apenas sendo transportados em reboque acoplado. Esta é uma diferença importante.

O Código de Trânsito Brasileiro não conta com um tópico específico sobre a permissão ou não do transporte de cachorros em motocicletas. No entanto, de acordo com o artigo 235, é proibida a condução de pessoas, animais ou cargas na parte externa dos veículos.

Um pouco à frente, o artigo 252 proíbe o transporte de pessoas, animais ou qualquer volume entre os braços e pernas do condutor do veículo. Com as interpretações destes dois artigos, as autoridades de trânsito concluem que não é permitido levar cachorros nas motos.

Deixando a lei de lado e pensando na saúde e bem-estar dos peludos, eles não devem andar de moto. Em primeiro lugar, o risco de quedas e traumas é muito grande. O cachorro fica exposto ao vento forte diretamente nos olhos, à chuva, ao barulho do motor, de buzinas, etc.

Tudo isso deixa o cachorro atordoado e, no médio prazo, pode prejudicar a saúde do animal. Além disso, é preciso considerar uma característica básica dos peludos: assim como os lobos, os cachorros são andarilhos. Eles preferem dar uma volta a pé em volta do quarteirão, por mais bonita e potente que seja a moto dos tutores.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas