Motorista protege cães de rua no ônibus durante chuva forte

Ele embarcou cães de rua no ônibus para protegê-los da chuva. O motorista bombou nas redes sociais.

Era apenas mais um dia chuvoso em Hurlingham, uma cidade argentina situada na região metropolitana de Buenos Aires. Um motorista de ônibus seguia o seu itinerário costumeiro quando viu dois cães de rua ensopados. O homem não teve dúvidas: parou o coletivo, pegou os peludos e protegeu-os da chuva que não dava trégua.

Apesar da boa distribuição pluviométrica durante o ano, janeiro é o mês mais chuvoso em Buenos Aires. Nos últimos anos, as tempestades têm se tornado ainda mais comuns nas margens do rio da Prata. Naquele dia do resgate dos cães de rua, havia chovido desde a madrugada.

O motorista é responsável pela linha 53, que sai do Terminal de La Boca, bairro próximo ao Porto de Buenos Aires, e segue pelo acesso oeste da capital argentina até as cidades vizinhas de Hurlingham e Bella Vista.

Motorista-protege-caes-de-rua-no-onibus-durante-chuva

Um bom coração

Como sempre acontece em dias chuvosos, o trânsito em Hurlingham estava caótico. Várias vias estavam alagadas e o retorno para casa, depois de um dia de trabalho, estava propício ao mau humor. Mas este motorista de ônibus parece estar acostumado às adversidades.

A chuva, que caía sem parar, transformou-se em uma forte tempestade enquanto o motorista, cuja identidade não foi descoberta, fazia o percurso pelas ruas congestionadas.

De repente, o homem avistou dois cães de rua. Eles estavam ensopados e não conseguiram encontrar um local para se refugiar do aguaceiro. Os peludos estavam parados na calçada, talvez um pouco atordoado pelo movimento de tantos guarda-chuvas e capas, que passavam rapidamente.

Ninguém parecia prestar atenção aos dois cachorros. O motorista, sem pensar muito no que estava fazendo, parou o ônibus, desembarcou, pegou os animais no colo e levou-os para dentro do coletivo.

Motorista-protege-caes-de-rua-no-onibus-durante-chuva

Pelo menos por alguns minutos, até que o ônibus chegasse ao seu destino final, eles estavam salvos da chuva e da enxurrada. Os cachorros respiraram aliviados, procurando um canto entre os bancos do ônibus para se enxugar e descansar do exercício intenso.

Na Grande Buenos Aires, o embarque de animais de estimação (cães e gatos) é proibido em ônibus e trens. Entre outros vetos, também não é possível deixar aparelhos de som ligados, embarcar e desembarcar fora das paradas programadas e a única forma de pagamento é uma espécie de bilhete único.

Tudo isso gera muitas discussões no dia a dia dos portenhos. A atitude do motorista, no entanto, não provocou nenhuma reclamação entre os passageiros do ônibus. Pelo contrário, a decisão de trazer os cães para o interior, longe da chuva, foi aplaudida por várias pessoas que estavam embarcadas.

Com certeza, ninguém deveria avistar dois cães encharcados, sofrendo com uma forte chuva e não tomar alguma providência. Mas acolher animais de rua não é uma atitude comum, especialmente considerando que o gesto estava “fora das regras”.

Mesmo assim, em lugar de reclamações, o motorista de ônibus recebeu apenas elogios. Os dois cachorros souberam se comportar: não se mostraram agressivos com os passageiros, nem tentaram se acomodar nos bancos: ficaram agachados em um cantinho, muito agradecidos por terem sido socorridos da chuva.

Motorista-protege-caes-de-rua-no-onibus-durante-chuva

Como não poderia deixar de ser, alguns passageiros filmaram a “operação de resgate” executada pelos motoristas. Os primeiros vídeos começaram a circular nas redes sociais poucos minutos depois do embarque dos cães, provavelmente quando os internautas responsáveis ainda estavam viajando no coletivo.

As imagens viralizaram rapidamente. Em apenas uma conta no Facebook, as cenas dos cães de rua sendo salvos da chuva e abrigando-se como podiam no ônibus foram compartilhadas 1,8 milhões de vezes.

Quem testemunhou a boa ação do motorista também aprovou o gesto. A imensa maioria dos internautas aplaudiu a atitude, que não custou nada a ninguém. Os poucos minutos necessários para atrair e embarcar os dois cães foram desconsiderados, mesmo porque os atrasos causados pelos congestionamentos já haviam consumido muito mais tempo.

Uma das testemunhas, Stella Maris San Martin, postou no Facebook: “Eram dois cães muito assustados com a tempestade, quando o motorista os trouxe para dentro do ônibus. Desci em Bella Vista e eles seguiram viagem. Gostaria de tê-los encontrado quando voltei a La Boca, onde eles subiram. O motorista é um cara muito legal”.

Nas fotos, é possível ver que os cachorros tentavam ficar perto do motorista. Talvez, eles soubessem quem era o benfeitor. Nenhum passageiro informou o nome do condutor, que se tornou um herói anônimo na cidade. De qualquer forma, a melhor recompensa que ele poderia receber são as carinhas de alívio dos dois peludos.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas