Um pai golden retriever reclama enquanto tem que cuidar de todos os seus filhotes

Apesar de ser um pouco impaciente, este cachorro divide os cuidados dos filhotes com os tutores.

A primeira reação deste cachorro ao ver a ninhada é comovente. Todos sabem que o amor materno é inato e incondicional, mas, neste caso, trata-se de um macho. Bailey é um golden retriever com um coração de ouro, literalmente. Apesar de ficar exausto, ele não para de cuidar dos filhotes que a vida lhe deu.

Bailey tem um canal próprio no Youtube e as reações ao observar o movimento dos filhotes, a partir do encontro da ninhada, foi filmada e publicada. O resultado: mais de 18 milhões de internautas se emocionaram com os cuidados do papai cachorro.

Os primeiros contatos

No primeiro momento em que o tutor traz os filhotes para o pai conhecer, o golden retriever parece emocionado. Inicialmente, ele não consegue entender muito bem o que significam aquelas bolinhas de pelo com movimento próprio.

cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotes

Rapidamente, no entanto, ele entende que são cachorrinhos. Provavelmente, ele não faz ideia de que maneira eles vieram ao mundo, mas Bailey se mostrou muito interessado em cuidar da ninhada e garantir o bem-estar de todos.

No vídeo em que os filhotes são introduzidos, Bailey parece curioso com as atitudes do tutor, que chega com uma grande cesta e calmamente começa a colocar os pequenos golden retrievers sobre a cama.

A princípio, Bailey não sabe o que está acontecendo. Ele salta na cama, mas quando surge o primeiro peludinho, ele volta rapidamente para o chão. O tutor, então, se deita ao lado dos filhotes e começa a acariciá-los, incentivando o golden retriever a fazer o mesmo.

Rapidamente, Bailey passa a imitar os gestos do tutor. É provável que ele tenha identificado o aroma da mãe, mas não se trata de um animal conhecido. De qualquer forma, para ele, é um cheiro amigável e confiável, porque as fêmeas nutrizes exalam ocitocina, o “hormônio do amor”. Então, deve ter pensado o cachorro adulto, as bolinhas de pelo devem ser igualmente amigáveis.

cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotesEste-cachorro-esta-exausto-por-cuidar-dos-filhotes

É interessante observar que, inicialmente, Bailey não sabe como abordar os filhotes. Eles parecem ser muito frágeis, mas são carinhosos e convidativos – afinal, os peludinhos não param de mexer os rabinhos.

Em pouco tempo, o pai improvisado aprende como interagir com os filhotes. O primeiro gesto de Bailey é cheirar o traseiro das crias – ele faz isso para “conhecer” os novos moradores da casa. O olfato canino chega a ser 100 mil vezes mais sensível do que o dos humanos.

Ao cheirar o traseiro, um cachorro consegue descobrir o gênero do novo parceiro, o que ele andou comendo recentemente e até mesmo o estado emocional: se o animal está amedrontado, tranquilo, agressivo, etc.

Além disso, o traseiro dos filhotes exala o cheiro do leite materno – e este odor provavelmente foi identificado por Bailey, uma evocação de um tempo distante em que ele também era filhote e precisa de amparo. Por isso, ele consegue identificar que os novos amigos são confiáveis.

Bailey logo se sente seguro o suficiente para inspecionar um pouco melhor a ninhada, com lambidas, pequenas patadas e outros gestos que fazem parte da linguagem corporal dos cães. Em apenas alguns minutos, o golden retriever já sabe que os filhotes são inofensivos e, mais que isso, estão desprotegidos e precisam de apoio.

Os filhotes, do seu lado, estão muito contentes em conhecer o novo pai – mesmo que ele não forneça leite. Os cachorrinhos se aconchegam, brincam e sentem-se protegidos ao lado daquele cachorrão imenso, que parece decidido a cuidar deles.

O encontro da ninhada

Em entrevista ao The Mirror, da Inglaterra, os tutores de Bailey contaram que encontraram os filhotes vagando na estrada próximo à casa, mas não encontraram sinais da mãe. É possível que um dono irresponsável tenha simplesmente “se livrado” da ninhada.

Os cachorrinhos não resistiriam por muito tempo sem agasalho e aquecimento. Por isso, o casal decidiu levá-los para casa, na esperança de que Bailey pudesse ser um companheiro responsável e afetuoso para eles, fazendo as vezes de pai.

Não poderia ter dado mais certo. O golden retriever rapidamente deu sinais de que estava apaixonado pelos filhos adotivos, como é possível observar no vídeo. Bailey aprendeu com rapidez que precisava ser gentil e delicado com os pequenos, para não machucá-los.

O gesto do golden retriever recebeu milhões de elogios nas redes sociais. A dedicação de Bailey é um exemplo: em poucos segundos, ele se transforma: de um desconhecido, para um pai amoroso. As imagens inspiram bons sentimentos em todos.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas