InícioHistórias FelizesCachorro fica preso no portão ao tentar escapar de enchente e é...

Cachorro fica preso no portão ao tentar escapar de enchente e é salvo no último momento

Ao tentar escapar do alagamento e da enchente, o cachorro acabou ficando preso no portão.

Ao tentar escapar do alagamento e da enchente, o cachorro acabou ficando preso no portão.

Em situações de emergência, quando a vida está em perigo real, os animais não costumam refletir muito sobre as ações que precisam ser tomadas. Este cachorro percebeu que a enchente estava tomando conta do terreno e decidiu escapar, mas acabou ficando preso entre as grades do portão.

Provavelmente, o cachorro estava sozinho na propriedade, sem ninguém que pudesse ajudá-lo naquele momento angustiante. Do contrário, ele teria corrido para um membro humano da família, para entrar em casa e escapar do alagamento.

Felizmente, um homem caridoso percebeu a situação perigosa em que o cachorro estava e decidiu socorrê-lo, mesmo embaixo de chuva, sem saber qual seria a reação do animal. É normal que, quando correm algum tipo de risco, cães e gatos se mostrem agressivos.

cachorro-fica-preso-no-portao-ao-tentar-escapar-de-enchente

O vídeo

Não se sabe onde as imagens foram capturadas. Jean Carlos Quintero (@jeancar020), um usuário do Tik Tok postou a filmagem do salvamento do cachorro, em que é possível observar como o animal conseguiu se livrar da enrascada com a ajuda mais que providencial de um estranho.

O perfil no Tik Tok não indica eventuais dados pessoais de Quintero que pudessem nos ajudar a descobrir onde a enchente, a tentativa de fuga e o salvamento aconteceram. Mesmo assim, o vídeo se tornou viral.

Desde que o internauta publicou as imagens, o vídeo já foi acessado mais de um milhão de vezes e curtido por mais de 262 mil seguidores. Mais de 7,3 mil pessoas comentaram sobre o assunto, a maioria falando sobre a situação difícil do cachorro e a disponibilidade do herói anônimo.

Cachorro em apuros

O cachorro que se tornou a vítima da história provavelmente estava sozinho no momento em que as águas da chuva começaram a alagar o terreno que ele estava guardando. Em pouco tempo, a enchente tomou conta do local e começou a subir assustadoramente.

O peludo deve ter refletido: “o portão é a entrada e saída de casa: é por lá que eu preciso escapar”. Tudo teria dado certo, se o portão não fosse revestido por uma folha de metal, com cerca de 1,2 metro de altura. Não era possível simplesmente esgueirar-se entre as hastes e ganhar a rua.

Este belo cachorrinho branco sem raça definida decidiu “saltar para a liberdade”. Ele avaliou a altura e projetou-se no ar, certo de que saltaria sobre a folha e chegaria à rua. Mas a altura de 1,2 metro e os enfeites do portão o impediram de ganhar a liberdade.

O peludo ficou preso entre as grades do portão. As duas pernas traseiras ficaram enganchadas. O animal corria sério risco de morrer: ele poderia ser perfurado por uma haste, sofrer um corte profundo na folha metálica ou simplesmente asfixiar-se, por estar com o corpo dependurado, sem sustentação por muito tempo.

O salvamento

É possível que o cachorro ainda tentasse visualizar alguém que, passando na rua, pudesse ajudá-lo a superar a situação de risco. Mas havia um temporal imenso sendo derramado do céu, poucas pessoas se arriscavam a sair e, quando o faziam, estavam mais preocupadas em encontrar um abrigo para elas mesmas. O cachorro, definitivamente, estava metido em uma grande enrascada.

Não se sabe por quanto tempo o cachorro ficou nessa situação difícil. Ele estava entalado, não conseguia escapar para a rua, nem voltar para o terreno. O animal estava encharcado, ferido e certamente com muito medo.

Felizmente, um homem desconhecido passou pelo local e pôde observar a cena, que, se não fosse trágica, seria comida: o cachorro estava com as pernas abertas e enroscadas, tentando se sustentar, mas não havia nada que pudesse fazer.

O desconhecido, com muito jeito e sem se incomodar com a chuva que não dava trégua, conseguiu desvencilhar o cachorro, cujo corpo era largo demais para passar entre as grades. Não se sabe quem é este homem, o que aconteceu com ele e com o cachorro, mas o herói está de parabéns e merece os nossos aplausos.

Por outro lado, fica a dúvida: alguém filmou toda a cena e, portanto, estava perto o suficiente para perceber os riscos que o cachorro estava correndo. Por um lado, temos um salvador de bom coração; de outro, alguém que acreditou poder apenas observar a cena, talvez até que o cachorro se ferisse gravemente, até que perdesse a vida.

No começo do vídeo, é possível perceber que o cachorro está desanimado e triste, um provável sinal de que aquela situação angustiante estava se prolongando há um longo tempo. Quando o desconhecido se aproxima e ele percebe que está sendo salvo, começa a demonstrar alegria e satisfação.

O cachorro ainda permanece algum tempo no colo do seu salvador, mesmo depois de ter se desembaraçado do portão. Talvez ele quisesse prolongar a sensação de segurança, ou talvez fosse apenas um gesto de agradecimento ao amigo improvisado.

Amaury Almeida Costa
Amaury de Almeida Costa ([email protected]) é redator publicitário há mais de 30 anos. Escreve para diversos blogs desde 2008. Presente nas redes sociais desde a época do Orkut, foi editor da revista Animanews, sucesso editorial do final dos anos 1990, que trazia informações sobre pets – além de cães, gatos e aves, trazia informações sobre répteis, anfíbios, peixes e invertebrados de estimação.
RELACIONADOS

Últimas Publicações