Cachorro leva motociclista até bebê recém nascido abandonado em lixão

Por: em

Um cachorro filipino obrigou motociclista a segui-lo até um lixão, onde estava um bebê abandonado. Graças ao cachorro, o bebê foi salvo.

O jovem Junrell Fuentes Revilla estava passeando de motocicleta pelas montanhas nos arredores de Cebu, cidade do sul das Filipinas, quando um cachorro começou a correr atrás dele. O peludo não parava de latir e de cercar a motocicleta.

Seguir Cães Online no Facebook

O cachorro parecia aflito e ansioso. Ele estava decidido a chamar a atenção de Junrell, que percebeu se tratar de uma urgência. O cachorro tinha alguma coisa a “dizer”, mas era preciso descobrir o que era.

cachorro-leva-motociclista-ate-bebe-abandonado

Inicialmente, o motociclista acreditou tratar-se apenas de um cachorro decidido a perseguir todas as rodas que encontrasse na estrada, mas o animal parecia demonstrar certo sentido de urgência. Ele latia e rodeava a moto, mas sem mostras de agressividade.

Em poucos minutos, o motoqueiro pôde verificar que a realidade era outra, bem mais urgente: um bebê abandonado, totalmente dependente, desprotegido, correndo um sério risco de morrer caso o cachorro não encontrasse a ajuda necessária em tempo hábil.

O socorro

O motoqueiro desceu do veículo e tentou aproximar-se do cachorro, que parecia muito aflito, em total estado de alerta. O cachorro seguiu morro acima para fora da estrada, parando algumas vezes, como se quisesse ter certeza de que Junrell o estava seguindo.

O cachorro foi em direção a um lixão na lateral da estrada, alguns metros acima do asfalto. Ele apontou um pequeno pacote marrom, quase oculto no meio do depósito, e Junrell rapidamente percebeu algum movimento. Em poucos segundos, o mistério estava solucionado: havia um bebê embrulhado na toalha marrom.

cachorro-leva-motociclista-ate-bebe-abandonado

Junrell pegou o recém-nascido nos braços e levou-o imediatamente até uma delegacia de polícia próxima. Os oficiais acionaram o Departamento de Bem-Estar Social das Filipinas, que deslocou uma equipe de apoio para o local.

Graças ao cachorro, que conseguiu raciocinar rapidamente, traçar uma estratégia e colocá-la em prática, o bebê foi salvo. O peludo entendeu que precisaria da ajuda de humanos, porque não teria como retirar sozinho o bebê do depósito de lixo. Felizmente, Junrell entendeu os sinais emitidos pelo cão e conseguiu impedir a morte do recém-nascido.

O bebê foi levado para o serviço de emergência hospitalar mais próximo. Ele estava desnutrido e com hipotermia, por ter ficado longo tempo em um local insalubre e úmido, mas as condições gerais de saúde eram boas.

cachorro-leva-motociclista-ate-bebe-abandonado

Posteriormente, a criança foi encaminhada para um centro de cuidados neonatais. A polícia e o Departamento de Bem-Estar Social do país estão investigando o caso, para tentar identificar a mãe ou algum parente do bebê. Caso eles não sejam encontrados, a criança será colocada para adoção.

O cachorro

As notícias correram rapidamente e, quando a notícia do salvamento se espalhou, alguns voluntários da fundação Hope for Strays (“esperança para vadios”, em tradução livre) se deslocaram para as montanhas de Cebu, para tentar localizar o cachorro herói.

cachorro-leva-motociclista-ate-bebe-abandonado

A fundação é uma entidade não governamental que atua acolhendo, castrando, vacinando e encaminhando cães e gatos para lares adotivos. A instituição foi fundada na Tailândia, em 2005, e atualmente atua em todo o sudeste asiático.

A equipe da Hope for Strays encontrou apenas um homem próximo ao depósito de lixo onde a criança foi encontrada. Para surpresa dos voluntários, tratava-se do tutor do cachorro que salvou o bebê abandonado.

Depois do primeiro contato, o homem levou a equipe para a sua casa, em Sibonga (cidade vizinha a Cebu) e apresentou o cachorro. Blacky, o cão herói, vive em uma casa modesta, com o tutor e outros três cachorros, além dos humanos da família.

cachorro-leva-motociclista-ate-bebe-abandonado

Gea Ybarita, uma das voluntárias, contou que todos ficaram felizes ao descobrirem que o cachorro não precisava ser resgatado: ele não era mais um “stray” das Filipinas: tinha a própria família: um lar carente, mas muito solidário.

Todas as informações foram postadas nas redes sociais e compartilhadas milhares de vezes, dando a volta ao mundo. O tutor declarou aos ativistas dos direitos animais: “Não importa que eu seja pobre. A vida é muito dura, mas eu alimento os meus cachorros e cuido muito bem deles”.

Mesmo assim, o gesto despretensioso de Blacky (“pretinho”, em português) despertou a gratidão dos moradores da região. A comunidade ofereceu doações de alimentos e diversos outros itens para toda a família. Apesar de não saber a importância, Blacky se tornou um herói nas Filipinas.

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News