Pitbull se recusa a ser adotado sem o amigo cego

O pitbull se tornou o cão guia do dachshund cego e se recusa a ser adotado sozinho.

Um par de cães foi acolhido em Richmond, na Virgínia (leste dos EUA). Os dois peludos foram levados ao Richmond Animal Care & Control (RACC), um abrigo centenário, pelos antigos tutores, que estavam com problemas de moradia – eles foram despejados do imóvel em que moravam – e não tinham mais como cuidar deles.

Um dos cães era um pitbull de três anos chamado Blue Dozer (uma brincadeira com a palavra Bulldozer, que significa trator). Seria relativamente fácil encontrar uma nova família para ele, mas o cachorro se recusava a se afastar de OJ, um dachshund cego e idoso – já tinha completado nove anos.

pitbull-se-recusa-a-ser-adotado-sem-o-amigo-cego
FOTO: RACC

Na verdade, os dois animais tinham problemas. Pitbulls, por serem considerados agressivos e violentos, são pouco procurados em abrigos. Os cães idosos e portadores de deficiências enfrentam dificuldades ainda maiores.

A saga da adoção

Desde que os animais foram recolhidos no RACC, os voluntários do abrigo perceberam que se tratava de uma dupla inseparável. Blue Dozer, mais corajoso e decidido, abria caminho para OJ, que seguia o irmão por todos os cantos.

A história dos dois cachorros foi postada nas redes sociais, tornando-se conhecida em todo o país, de costa a costa. Por fim, uma mulher disponibilizou-se para receber o dachshund e o pitbull em casa. A história parecia ter chegado a um final feliz.

pitbull-se-recusa-a-ser-adotado-sem-o-amigo-cego
FOTO: RACC

Mas OJ acabou sendo encontrado vagando sozinho em uma rodovia, distante 160 km de Richmond, do local em que havia sido adotado. O dachshund cego foi resgatado pelo Shenandoah Valley Animal Services Center (SVASC), sediado em Staunton, também na Virgínia.

Um grupo de resgate do Condado de Augusta, que recolheu OJ, conseguiu rastrear a história do cachorro – ele havia sido microchipado no RACC. A tutora havia abandonado o cachorro cego.

De acordo com a rede de TV CBS, na época em que o abandono ocorreu, a tutora inicialmente não se dispôs a receber de volta o dachshund – e ela também não pretendia entregar Blue Dozer. Apesar do abandono em via pública, o caso não chegou a ser denunciado às autoridades policiais de Virgínia.

pitbull-se-recusa-a-ser-adotado-sem-o-amigo-cego
FOTO: RACC

Depois que as notícias circularam, surgiu uma verdadeira campanha em favor de reunir Blue Dozer e OJ. A adotante resolveu então devolver o pitbull ao RACC, mas ela não tinha nenhum interesse em retomar a guarda do dachshund.

Uma equipe de resgate acolheu o pitbull mais uma vez em Richmond, enquanto outra transportava o dachshund de volta para a cidade. Enquanto isso, milhares de internautas compartilharam a história dos dois cães, que se tornou a principal notícia na web e nas emissoras de TV por vários dias.

Mas, mesmo tornando-se celebridades na internet, OJ e Blue Dozer passaram três anos no RACC. O abrigo havia decidido que a adoção só poderia ser realizada conjuntamente e não havia interessados em acolher o dachshund cego.

pitbull-se-recusa-a-ser-adotado-sem-o-amigo-cego
FOTO: RACC

Passados três anos – OJ já havia completado 12 anos e Blue Dozer, seis –, o RACC finalmente publicou em suas redes sociais que “uma família maravilhosa” resolveu adotar a dupla. Depois de tantas peripécias, os dois peludos foram adotados e continuam vivendo juntos.

Na última postagem sobre OJ e Blue Dozer, o RACC escreveu: “Estes dois cães nos levaram a uma montanha russa de emoções e turbulências. Ainda assim, eles permaneceram juntos e firmes em seu amor e em sua capacidade para se adaptar a circunstâncias difíceis”.

pitbull-se-recusa-a-ser-adotado-sem-o-amigo-cego
FOTO: RACC

O dachshund e o pitbull estão felizes, na companhia de uma família amorosa. Blue Dozer continua atuando como cão guia de OJ, conduzindo-o com segurança na casa nova e nos passeios com os humanos.

O caso serviu para divulgar o trabalho do RACC e do SVASC, que resgatam e tratam anualmente milhares de cães abandonados e submetidos a maus tratos. O dachshund e o pitbull ajudaram a encontrar novos lares para muitos peludos e agora só querem curtir bons momentos ao lado da família que os acolheu.

A nova história dos dois cachorros está documentada em vídeos e fotos publicados na página OJ and Blue Dozer, no Instagram. Os tutores atuais não se cansam de publicar notícias sobre as aventuras da dupla. A página também abre espaço para divulgar campanhas de adoção de cães e gatos em Virgínia e no restante do país.

Postagens Relacionadas