InícioHistórias FelizesChihuahua famosa pede que todos os cães de abrigos sejam adotados

Chihuahua famosa pede que todos os cães de abrigos sejam adotados

O tutor desta chihuahua postou as cartinhas de Natal, pedindo que todos os cães sejam adotados.

Sofiann Brava é uma chihuahua de sete anos, muito famosa nas redes sociais. Ela tem páginas próprias na internet e, apesar de parecer estar sempre zangada, as postagens da peludinha sempre viralizam porque o tutor edita fotos e vídeos, tornando-os engraçados e atraentes.

No final de 2021, Sofiann postou as cartas em que relacionou os pedidos de Natal ao Papai Noel. O desejo da chihuahua é que todos os cães que vivem em abrigos espalhados pelo mundo inteiro possam ser adotados e encontrar um novo lar em 2022.

chihuahua-pede-que-todos-os-caes-de-abrigos-sejam-adotados

Graças aos esforços do tutor, Sofiann La Chihuahua Brava aparece em centenas de imagens, fazendo caras e bocas. Ela já foi clicada vestida de palhaço, caubói e astronauta, além de sempre estar presente nas datas comemorativas, como o Dia das Mães e das Crianças.

Na maior parte das produções, são aplicados filtros sobre as fotos da cachorrinha, cuidadosamente preparados em programas de computação gráfica. Desta forma, Sofiann não se cansa muito durante as sessões de fotos – a maior parte do trabalho é realizada pelo tutor.

Os pedidos de Sofiann

A chihuahua, que vive com o tutor em Monterrey (Nuevo León, México), possui 4,9 mil amigos no Facebook e 12,4 mil no Instagram. Ela estreou há poucos meses no Twitter, mas já coleciona quase 300 seguidores nesta rede. Cada nova postagem é curtida e compartilhada por no mínimo 500 internautas.

Com certeza, as cartinhas de Natal de Sofiann, pedindo um lar, abrigo, comida, petiscos e brincadeiras para os pets repercutiram em todo o planeta e talvez sejam um incentivo para a adoção responsável de cães e gatos.

Além de pedir novos lares e famílias amorosas para os colegas abandonados nas ruas, Sofiann também pediu petiscos para todos os cães e gatos. Em uma das postagens, vestindo um chapéu vermelho e um grande sorriso – que, no entanto, não consegue disfarçar o mau humor da cachorrinha – ela pediu dez pacotes de croquetes.

chihuahua-pede-que-todos-os-caes-de-abrigos-sejam-adotados

O pedido foi feito em nome do abrigo Ayuda para un Callejerito, sediado em Monterrey. O canil atualmente acolhe mais de 200 animais, recolhidos das ruas da metrópole, que possui mais de um milhão de habitantes (na região metropolitana, são mais de quatro milhões de pessoas).

As cartinhas de Sofiann são uma excelente iniciativa para atenuar o problema dos animais que vivem perambulando nas ruas de cidades grandes e pequenas ao redor do mundo. Pode-se pensar que é uma iniciativa tímida, com alcance limitado, mas o gesto da chihuahua é uma gota no oceano – que é formado exatamente por milhões de gotas.

A conscientização

A cada dia, mais e mais pessoas se conscientizam da urgência de recolher, tratar e encaminhar cães e gatos em situação de rua. Além do aspecto solidário desta atitude, é necessário pensar também que os animais abandonados representam também uma questão delicada de saúde pública.

Os animais abandonados são mais suscetíveis a brigas, maus tratos, acidentes, traumas e doenças, que podem inclusive ser transmitidas para os humanos (como a leishmaniose, a raiva e a escabiose, entre outras – lembrando que nem todo tipo de sarna é contagioso).

chihuahua-pede-que-todos-os-caes-de-abrigos-sejam-adotados

Quem não pode adotar um cão ou gato, por não ter tempo ou espaço para se dedicar a eles, pode se tornar padrinho de um animal que vive em abrigo ou santuário. Há centenas de entidades que cuidam de animais e uma pequena doação pode fazer a diferença.

De acordo com o Instituto Pet Brasil, entidade criada para estimular os produtos e serviços voltados ao mercado de animais de estimação, calcula-se que haja 172 mil animais vivendo em abrigos no país (na quase totalidade – 96% –, são cães).

Pouco mais da metade deles (52%) está disponível para adoção. Os demais são animais doentes, portadores de deficiências ou idosos, que dificilmente encontram uma nova família adotiva. Mas eles podem receber visitas e donativos.

Desde 2000, o dia 4 de Outubro é o Dia Nacional de Adotar um Animal, uma ação que estimula o resgate, reabilitação e realocação dos cães e gatos que vivem nas ruas. Apenas 4% do total de peludos brasileiros vivem em condição de vulnerabilidade. Mais de 21 milhões de voluntários brasileiros se dedicam a amenizar a situação.

Amaury Almeida Costa
Amaury de Almeida Costa ([email protected]) é redator publicitário há mais de 30 anos. Escreve para diversos blogs desde 2008. Presente nas redes sociais desde a época do Orkut, foi editor da revista Animanews, sucesso editorial do final dos anos 1990, que trazia informações sobre pets – além de cães, gatos e aves, trazia informações sobre répteis, anfíbios, peixes e invertebrados de estimação.
RELACIONADOS

Últimas Publicações