Você tem o hábito de dar osso para o seu cachorro roer? Sabia que isso pode prejudicar a saúde dele? Confira as dicas e cuidados que se deve ter.

Os cães são apaixonados por ossos, mas eles podem trazer prejuízos para a saúde do animal por isso devem ser evitados. Ossos pequenos como, por exemplo, os de galinha ou frango podem ferir o estômago e o intestino do cão. Assim, nos churrascos ou reuniões familiares converse com os convidados para não dar ossos para o cachorro roer, e fique atento porque o seu melhor amigo vai tentar de todas as maneiras encontrar algum ossinho perdido.

Cuidado ao dar ossos para os cães

Os ossos de galinha podem formar pontas finas e afiadas e ao quebrarem podem causar perfurações no organismo e causar hemorragia ou até mesmo infecções generalizadas. Além de ossos de galinha, frango ou costela de porco, tome cuidado para o seu cachorro não encontrar nenhum palito de madeira, porque pode formar lascas com pontas finas.

Para estimular o seu melhor amigo a roer, ofereça ossos maiores e mais arredondados como canela ou joelho de porco, porque são difíceis de serem quebrados. Porém, tenha o cuidado de ferver os ossos, para que a gordura seja removida, porque ela pode provocar diarreia.

Os ossos são importantes na dieta do cachorro, porque contribuem para a higiene bucal, pois eles facilitam na remoção do tártaro. Além disso, contam com sais mineiras e representam uma excelente forma de distração.

Cuidado ao dar ossos para os cães

Dicas para dar ossos aos cães

– Ele deve ter o dobro do tamanho da boca do cachorro, quando aberta. Assim, o cão não vai conseguir engolir de uma só vez e o osso vai diminuir aos poucos e de forma moderada. Porém, quando o osso estiver bem pequeno jogue fora e dê outro.

– Se quiser pode comprar ossos no açougue, mas converse antes com o veterinário e saiba quais são as melhores opções para agradar o seu amigo.

– Se preferir compre os ossos recreativos, que contêm carnes e outros tecidos como os tendões. Eles são facilmente encontrados em feiras.

– Cuidado com os ossos fritos, cozidos ou assados, porque podem fazer muito mal, pois, como são submetidos ao calor, torna-se mais rígidos e perigosos. Os ossos do pé da galinha, por exemplo, são compridos e duros, por isso, não devem ser dados nunca, mesmo que sejam crus.

– Ao dar o osso para o cão, esteja perto, porque caso aconteça algo, você está perto para socorrê-lo e controlar a situação.

Cuidado ao dar ossos para os cães

Logo, antes de dar um osso para o seu cachorro marque uma consulta com o veterinário para ver qual a melhor opção para ele. Assim, você vai poder agradar o seu melhor amigo de uma forma segura e deixa-lo muito feliz.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui