Saiba como fortalecer o vínculo entre dois seres tão amados e desejados

Geralmente, quem tem um animal de estimação, o trata como um bebê peludo. Até que um dia a pessoa tem um bebê humano que acaba lhe roubando mais tempo, deixando seu cãozinho triste. Se engana quem pensa que a família deve se desfazer do cachorro quando nasce uma criança, pois é perfeitamente possível que eles convivam em harmonia. Saiba como preparar seu pet para esse momento tão especial.

06 dicas de como preparar seu cachorro para a chegada do bebê

Antes da chegada do bebê

1. Gaste menos tempo com seu cão

É aconselhável que você diminua o tempo que fica com seu cachorro, de forma gradual. Desse modo ele vai estar mais acostumado quando você estiver ocupada cuidando do bebê. Aos poucos ele formará um vínculo com a criança, entendendo que ele também precisa de atenção, sendo o começo de uma bela amizade.

2. Visite o veterinário

Leve seu cachorro ao veterinário e veja o estado de saúde geral dele. Aproveite para castrar, para que ele fique mais calmo e menos propenso a morder. Se o cão tiver um comportamento estranho ou agressivo com o bebê você pode consultar um especialista em comportamento para te orientar.

3. Ensine o seu cão habilidades de obediência básica

Esses comandos irão te ajudar quando você estiver amamentando ou trocando o bebê, pois os cães precisam entender que não é hora de brincadeiras ou de receber carinho. Comandos como “senta” irão ajudar nos momentos em que você precisa segurar a criança e não pode pegar o cachorro que insiste em pular no seu colo, por exemplo.

4. Convide os pais e seus filhos para brincar na sua casa

Se você tem amigos com filhos pequenos os convide para brincar com seu cão em casa, para que ele se acostume com crianças. É importante que você fique supervisionando e orientando o cão, assim ele estará habituado quando seu bebê chegar.

5. Faça uma programação para as atividades diárias

É importante pensar em quem vai fazer as caminhadas com o cão no pós-parto, bem como quem irá cuidar dele dando água e comida. É normal precisar de ajuda nos primeiros dias ou meses, após o nascimento da criança. Oriente a pessoa que vai cuidar do cão quanto aos seus hábitos alimentares, e para que dê tempo de ele se habituar à nova pessoa que irá cuidar dele.

6. Estabeleça limites agora, não mais tarde

Se você pretende não deixar que seu cão durma mais com você ou que ele não suba mais nas camas e sofás para proteger o bebê, tente desacostumá-lo bem antes do nascimento da criança. Ofereça uma cama macia e quentinha para ele como opção, para quando o bebê chegar ele já esteja habituado.

Após a chegada do bebê

Não ignore seu cachorro quando chegar da maternidade. Mostre que o fato de você estar cuidando de um bebê não impede que continue amando ele. Dê uma roupa usada pelo bebê para ele cheirar e começar a se acostumar com a criança. Deixe que ele se aproxime devagar, mas nunca muito perto. Se ele não quiser se aproximar não force. Toda a interação deve ser supervisionada o tempo todo.

Procure dar atenção ao cachorro enquanto o bebê está presente, e não somente quando estiver dormindo. Conforme a criança for crescendo introduza o cão nas atividades diárias, como passeios e brincadeiras, para ele entender que a chegada do bebê não é algo ruim, mas uma ótima oportunidade de fazer uma nova amizade.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui