Cachorrinho faz de tudo para levar uma vara imensa para casa

Depois do passeio, este cachorrinho fez de tudo para embarcar uma vara enorme no carro. Será que ele consegue?

A família de Henry, um simpático buldogue inglês, garante que este cachorrinho é muito simpático e amável, mas sempre foi dotado de uma personalidade forte. Amy Martin, a tutora do peludo de dois anos, diz que Henry é muito “persistente” – uma maneira mais elegante de dizer “teimoso”.

Buldogues ingleses são conhecidos pela preguiça: um cão típico da raça é bonachão e pacato. Henry também é assim, menos quando decide brincar com alguma coisa, como varas imensas que ele encontra pelo caminho – e faz de tudo para mantê-las por perto, inclusive tentar embarcar os “objetos de estimação” no carro, mesmo que eles não caibam.

cachorrinho-faz-de-tudo-para-levar-uma-vara-imensa

Ao site The Dodo, Amy contou: “nós temos Henry desde que ele era minúsculo e ele é persistente. Se não for do jeito que ele quer, não tem jeito nenhum”.

Os gravetos

Um dos programas prediletos de Henry é passear no parque perto de casa. Ele adora correr na grama e descobrir as novidades. Os gravetos são a sua grande paixão: ele os carrega com a boca e é diversão garantida tentando fazer equilibrar grandes ramos nos caminhos e alamedas da praça.

Quanto maior o desafio, mais persistência Henry aplica em conduzir o graveto. Ele vai esbarrando por tudo – árvores, plantas, bancos e, se deixar, até mesmo humanos e outros cães. O importante é levar o graveto imenso o mais longe possível.

cachorrinho-faz-de-tudo-para-levar-uma-vara-imensa

Não importa o quanto os tutores tentem fazer o buldogue desistir dos ramos que consegue abocanhar. Os cães da raça tem o focinho achatado e o alcance da mordida está entre os menores do mundo canino. Mesmo assim, Henry insiste em conduzir os troféus pelos trajetos do parque.

O mais divertido é quando Henry tenta levar os gravetos para casa. Depois de esbarrar em quase tudo que encontra pela frente, o buldogue insiste em colocá-lo no banco traseiro do carro. É claro que as varas são grandes demais – e o peludo não tem mãos para facilitar a tarefa – mas ele tenta várias vezes pular para dentro do veículo com os seus “troféus de guerra”.

cachorrinho-faz-de-tudo-para-levar-uma-vara-imensa

A tutora disse também que faz de tudo para Henry não brincar com os gravetos que encontra. Ele se machuca e chega a sangrar com alguns deles, inclusive porque a mandíbula dos buldogues ingleses é muito curta, assim como o focinho. Mas a “tenacidade” do peludo coloca a prova a paciência de Amy em quase todos os passeios.

Amy carrega brinquedos e petiscos na bolsa em todas as caminhadas que faz com o companheiro pelo parque. Ela tenta barganhar, fazendo o cachorro trocar as varas imensas que recolhe por alguma guloseima; porém, a “determinação” do peludo é difícil de ser superada.

Há poucos dias, Henry encontrou a maior vara que já tinha visto na vida – com toda a experiência que ele já acumulou em carregar gravetos imensos pelas alamedas. O cachorro ficou muito excitado com a descoberta e passou o restante do passeio tentando arrastá-lo. Ele certamente queria levar a vara para casa.

cachorrinho-faz-de-tudo-para-levar-uma-vara-imensa

Ao se aproximarem de volta do carro, um sinal de que a caminhada diária estava chegando ao fim, o cachorro tinha certeza de que poderia levar o graveto embarcado. O vídeo mostra as tentativas do peludo para levar a vara para o banco. Infelizmente, o graveto não cooperou e deixou o cachorro bastante frustrado.

Por mais que tentasse – e ele tentou bastante – Henry não encontrou uma maneira eficaz de fazer o graveto passar pela porta traseira do carro. Ele também parece ter ficado muito desapontado com a tutora, já que Amy não esboçou nenhum gesto para ajudá-lo na empreitada extremamente importante em que ele estava envolvido.

A tutora já conhece o parceiro: tentar levar grandes ramos de árvores para casa faz parte da rotina. É difícil passar um dia sem que ele descubra um tesouro. Apesar da frustração, Henry sabe que, no dia seguinte, haverá outros desafios a serem vencidos. E ele estará a postos, destemido e perseverante, para vencer uma nova batalha contra os gravetos gigantes.

Para finalizar, Amy disse ao The Dodo: “Enfiar um pau dentro do carro não é novidade, ele sempre faz isso. É típico de Henry. Amanhã, ele encontrará outro objeto para arrastar pelas alamedas”.

Depois de uma caminhada cheia de aventuras e conquistas de gravetos enormes, Henry costuma passar o restante do dia cochilando no sofá da casa. Afinal, ele precisa recuperar as energias para vencer as batalhas do dia seguinte.

Veja o vídeo:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas