05 Dicas para proteger os cães de acidentes domésticos

Sugestões simples e práticas, mas que fazem toda a diferença, garantindo a segurança do seu cachorro.

Acidentes domésticos envolvendo nossos animais de estimação são mais comuns do que se imagina. Algumas coisas simples podem ser feitas para prevenção de acidentes, evitando muita dor de cabeça e sofrimento dos cachorros. Confira as cinco dicas:

proteger-caes-acidentes-domesticos

Picadas de insetos

Nossos cachorros são muito curiosos e adoram explorar o ambiente, cheirando tudo que encontram pela frente, mas infelizmente, eles não tem noção de como uma abelha ou formiga pode ser perigosa. As vezes nos assustamos com um grito do cão, seguido de olhos e focinhos inchados.

Para evitar picadas vasculhe o seu quintal para identificar áreas de risco como formigueiros, colmeias e ninhos de vespas. Tente manter esses locais isolados, e sempre vigie o cão para que ele não chegue perto.

Produtos Químicos

A grama é um ótimo local para seu cãozinho brincar, mas ela pode estar cheia de produtos químicos como herbicidas, fertilizantes e produtos de controle de pragas. Pequenas exposições a esses produtos são toleráveis, mas em quantidades maiores pode ser altamente tóxico e perigoso.

É preciso deixar os recipientes com esses produtos bem longe, impedindo o acesso dos animais à eles. Após aplicá-los no quintal espere que ele fique completamente seco para deixar o cão andar sob a grama. Leia sempre as instruções para ter certeza sobre os riscos que o produto oferece a você e a seus bichos de estimação.

Cloro de Piscina

Muitos cães adoram mergulhar na piscina, mas antes que você os deixe brincar na água certifique-se de que ele realmente sabe nadar. Mantenha ele longe de todos os produtos que você usa para manter a piscina limpa. Cachorros gostam de brincar com vasilhas, morder, esconder e enterrar, por isso é melhor ter um local só para isso, para eles não confundirem com brinquedos.

Leia rótulos de produtos anti parasitas

Parece óbvio, mas muitas pessoas não procuram saber o modo de usar o produto, aplicando de modo errado. Alguns usam anti pulgas em spray, e borrifam no animal todo, deixando-o encharcado, podendo ser altamente tóxico. Lembre-se que a eficácia do produto depende da maneira certa de aplicá-lo. A intenção é matar os parasitas e não o seu cachorro.

Plantas

Algumas plantas e flores são muito bonitas mas apresentam um problema no seu jardim. O ideal é saber identificar quais realmente são tóxicas e não tê-las em nenhum lugar da casa. Enquanto você vigiar o cão poderá estar protegido, porém eles costumam xeretar tudo, e, num piscar de olhos, comem plantas tóxicas. Tome cuidado!

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *