Homem viaja pelo país de bicicleta para resgatar cães abandonados

Este homem percorre o seu país em uma carroça adaptada, para resgatar cães abandonados.

“Uma andorinha só não faz verão”. Talvez este ditado seja verdadeiro, mas é preciso que uma ave decida começar a voar para formar o bando. Este homem mexicano percorre o seu país em uma carroça adaptada, com o objetivo de resgatar cachorros de rua e cuidar deles.

Os cachorros de rua do México podem contar com pelo menos um anjo de guarda: Edgardo Zuñiga deixou a sua base em Tepic, capital de Nayarit (oeste do México, na costa do oceano Pacífico), e viaja pelo país para ajudar animais abandonados.

Homem viaja pelo país de bicicleta para resgatar cães abandonados
Foto: Stuart Williams

Nas suas andanças a bordo de uma carroça – um triciclo com rodas de bicicleta –, Edgardo é seguido por uma multidão de cachorros de rua, interessados no alimento e na proteção proporcionados pelo benfeitor.

As andanças

Edgardo Zuñiga, conhecido pelos mexicanos como “Edgardo Perros” (cachorros), é um homem de 50 anos ,que já percorreu 14 mil quilômetros de estradas no México, em 14 anos de idas e vindas. As atividades do benfeitor são múltiplas: ele oferece desde um prato de comida até um tratamento médico, quando encontra um cachorro ferido ou doente.

Edgardo começou as suas excursões há sete anos e calcula ter ajudado por volta de 1.000 cachorros abandonados neste período a encontrar novas famílias. Ele providencia adoções, tratamentos médicos (inclusive cirurgias), castração, e vacinação para os animais. Para outros, em situação mais difícil, ele apenas oferece apoio e carinho, nos dias que lhes restam de vida.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

O funcionamento da caravana de Edgardo Perros é simples. Ele simplesmente sai de casa com a sua carroça, sem um roteiro totalmente definido: apenas faz um rodízio de direções. No caminho, ele pede ração, medicamentos e agasalhos, que segue distribuindo para os cachorros que encontra.

O benfeitor parece incansável. Saindo da costa do Pacífico, ele já foi até Quintana Roo (Estado mais oriental do México, no extremo da península de Iucatã). As ações de Edgardo também já beneficiaram cães de norte a sul do país.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

Nem tudo é fácil na tarefa assumida. Muitas pessoas reclamam do barulho e da sujeira que os cães fazem enquanto acompanham a carroça de Edgardo – alguns chegam a reclamar até do cheiro deixado pelos peludos no caminho.

Em contrapartida, o ativista segue angariando doações e, pelas cidades por onde passa, sempre consegue contar com o apoio de profissionais de saúde – seja de um veterinário isolado, seja de um hospital para animais.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

Nas caminhadas, Edgardo também distribui panfletos para a população. As campanhas do ativista miram diversos objetivos: adoção responsável, guarda comunitária, esterilização dos animais de rua, vacinação, etc.

Um benefício foi obtido de forma inesperada. Muitos cachorros acompanham a carroça de Edgardo durante parte do trajeto. Alguns são dóceis e sociáveis, outros se aproximam desconfiados ou apavorados.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

Mas, quando o ativista se afasta para outra localidade, muitos cachorros de rua passam a viver em bandos e aprendem estratégias para se aproximar dos humanos (e obter alimento e agasalho). Com isso, o trabalho é multiplicado e os animais ficam menos agressivos.

Edgardo já percorreu mais de 14 mil quilômetros ajudando cachorros e promovendo campanhas de adoção. Se ele tivesse escolhido caminhos pelas fronteiras do México (com Belize, Guatemala e EUA, além das longas áreas banhadas pelos oceanos Atlântico e Pacífico), o ativista já teria completado todo o percurso, dando a volta em todo o país.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

Ampliando horizontes

O ativista também mantém páginas nas redes sociais, onde é seguido por mais de 100 mil internautas. Nas últimas viagens, ele tem divulgado previamente os roteiros planejados. Graças a isso, Edgardo recebe algumas doações assim que chega às cidades.

O trabalho de Edgardo é totalmente voluntário. Ele não recebe nenhum tipo de auxílio oficial, nem patrocínios de indústrias de ração e outros produtos para cachorros. Algumas empresas, no entanto, já perceberam os benefícios de se associar à causa do ativista.

homem-viaja-pelo-pais-para-resgatar-caes
Foto: Stuart Williams

O marketing social tem garantido uma pequena ampliação no volume de donativos que Edgardo angaria. Muitos fabricantes e comerciantes mexicanos fazem doações e posteriormente desenvolvem campanhas apresentando os resultados do apoio aos animais de rua.

Nos últimos meses, o benfeitor tem sido acompanhado quase sempre pelo fotógrafo Stuart Williams. Fã do trabalho de Edgardo, Williams filmou as atividades e transformou o material em um documentário, disponibilizado no Facebook e já visualizado por mais de 100 mil pessoas.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas