Remédios caseiros para acabar com as pulgas nos cachorros

Elas causam doenças e incômodos. Conheça alguns remédios caseiros para acabar com as pulgas nos cachorros.

Existem remédios caseiros para acabar com as pulgas em cachorros? Apesar de minúsculas – um inseto adulto não passa de três milímetros – as pulgas prejudicam bastante a vida dos cachorros. Nas infestações muito graves, elas podem provocar anemias, mas o problema mais comum é a reação alérgica às picadas. Felizmente, alguns remédios caseiros são eficazes para dar fim ao problema.

Os animais de estimação são excelentes companheiros, mas não é raro que eles sofram com parasitas externos. Existem diversos produtos para eliminar as pulgas, como xampus, sprays, medicamentos de uso oral e tópico, etc.

Mas é igualmente possível usar alguns ingredientes comuns no dia a dia para preparar remédios caseiros contra pulgas em cães. Apresentamos a seguir algumas receitas simples e eficazes no combate a estes insetos.

Remédios caseiros para acabar com as pulgas nos cachorros

Lista com remédios caseiros para matar as pulgas do cachorro

01. Vinagre

Antes de preparar o remédio caseiro, é preciso lavar as roupas e higienizar todos os ambientes nos quais o cachorro circula em casa. A receita também pode ser aplicada em móveis e tapetes, para eliminar as pulgas. Os ingredientes são os seguintes:

  • um litro de vinagre de maçã;
  • meio litro de água;
  • 100 ml de sumo de limão;
  • 50 ml de hamamélis (opcional).

Basta misturar todos os ingredientes, colocar em um borrifador e aplicar no pelo dos cachorros infestados. O hamamélis líquido pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e fitoterápicos.

O vinagre de maçã também é útil para eliminar odores desagradáveis no pelo dos cachorros. O ingrediente não deve ser usado na boca e nas mucosas nasais. A receita não pode ser empregada em cães com lesões na pele.

02. Bicarbonato de sódio

Não é necessário nenhum preparo: basta polvilhar o produto no pelo do cachorro e também nos ambientes em que ele circula, inclusive a cama. Deixe agir por 15 minutos e escove a pelagem, para eliminar o bicarbonato de sódio.

03. Levedo de cerveja

Este fermento pode ser usado de duas maneiras: ele pode ser salpicado nas refeições do cachorro (basta uma pitada) ou polvilhado diretamente na pele. O levedo de cerveja é rico em vitamina B1, que elimina as pulgas. O produto pode ser deixado na pelagem por vários dias e a aplicação pode ser feita uma vez por semana.

04. Lavanda

O aroma adocicado da lavanda repele pulgas, carrapatos e mosquitos naturalmente. É possível cultivá-la em vasos ou usar o óleo essencial: soluções com 30% desta substância diluída em água são suficientes para afastar os insetos.

Um estudo de 2007, realizado por pesquisadores da Universidade da Cidade do Cabo (África do Sul) demonstrou que a solução de lavanda apresenta o mesmo efeito do DEET (dietiltoluamida), um composto químico largamente empregado como repelente de insetos.

Remédios caseiros para acabar com as pulgas nos cachorros

05. Sal

Também pode ser polvilhado na pelagem e nos ambientes infestados. O sal de cozinha (cloreto de sódio) tem ação desidratante e mata as pulgas adultas. Deixe o sal agir por um ou dois dias e depois aspire a substância. A operação precisa ser repetida de dez em dez dias: este é o prazo de desenvolvimento das larvas.

06. Limão

Corte um limão em rodelas bem finas e ferva-as imersas em um litro de água. Não é preciso tirar a casca da fruta, que concentra os óleos essenciais. Deixe esfriar, coloque a solução em um borrifador e guarde em local escuro por 24 horas.

No dia seguinte, pulverize o pelo do cachorro e os móveis da casa. Não é preciso retirar a solução, nem enxugar: deixe evaporar naturalmente.

Tenha cuidado para não expor o animal ao Sol nas duas horas seguintes, porque o ácido cítrico presente no limão pode causar manchas nos pelos e na pele.

Seja como for, as pulgas não suportam o cheiro do ácido cítrico: por isso, manter uma laranja ou limão cortado ao meio nos ambientes ajuda a repelir os insetos. O sumo também pode ser adicionado à água do banho dos peludos.

07. Alecrim

A erva deve ser desidratada (o alecrim já é comercializado seco, mas você pode usar folhas verdes, deixando-as secar ao Sol). Não é preciso nenhum preparo: basta triturar as folhas e polvilhar sobre a pelagem dos cachorros.

O alecrim pode ser substituído por hortelã, poejo, erva-doce ou lavanda. Basta deixar agir por 30 minutos e em seguida escovar o cachorro, para retirar o excesso. Estas plantas não matam as pulgas: elas apenas exercem ação repelente.

O que NÃO usar para matar pulgas

Antes de aplicar qualquer remédio caseiro contra pulgas, os tutores precisam testar as substâncias, para verificar se os cachorros não são alérgicos ao limão, bicarbonato, lavanda, etc. Borrifa-se uma pequena área da pele e espera-se um dia, a fim de identificar eventuais efeitos nocivos, como vermelhidão, espinhas, etc.

Alguns cães são alérgicos ao ácido acético (presente no vinagre) e ao ácido cítrico (na laranja e limão, entre outras frutas). As duas receitas apresentadas são eficazes, mas é preciso fazer o teste antes, para não trocar um problema por outro.

De qualquer forma, os tutores não devem usar água sanitária para eliminar as pulgas dos cachorros. O hipoclorito de sódio é realmente eficaz contra insetos, mas é prejudicial à pele e aos pelos. O produto pode ser usado na higienização da casa, para ajudar na eliminação das infestações.

Há cerca de um século, costumava-se dar banho de querosene para exterminar pulgas, carrapatos e até piolhos (algumas pessoas lavavam os cabelos com querosene). Para os cachorros, este truque pode ser fatal.

Expor um cachorro ao querosene pode provocar náuseas e vômitos, sialorreia (aumento excessivo da salivação), irritações nos olhos e nas mucosas, feridas na pele (especialmente na face interna das orelhas) e falta de ar. Os cães pequenos, idosos e doentes podem até mesmo entrar em coma.

Aviso importante: O nosso conteúdo tem caráter apenas informativo e nunca deve ser usado para definir diagnósticos ou substituir a consulta com um veterinário. Recomendamos que você consulte um profissional de confiança.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas