Cachorra foge de casa para encontrar a dona no trabalho

Por: em

Incomodada com a ausência, cachorra sai para tentar encontrar a dona no local de trabalho. Veja o vídeo da fuga…

Indy é uma cachorra preta – um mestiço de retriever do labrador – que vive com a dona em Deep River, Connecticut (EUA). A tutora trabalha em um lar de idosos, o Deep River Kirtland Commons, mantido pelo Departamento de Habitação da cidade, que a Indy costuma visitar e passa parte do dia entretendo os moradores. 

Para cumprir um compromisso, a dona de Indy teve de alterar a rotina. Em agosto de 2021, ela foi a um casamento na Virgínia – uma viagem de três horas de avião. A tutora deixou a cachorra na casa dos pais e programou-se para passar o fim de semana fora. 

A fuga 

Liza Thayer, a dona de Indy, desenvolveu o hábito de levar a cachorra para o lar comunitário algumas vezes por semana. O animal fazia a festa dos idosos, especialmente durante a pandemia de Covid-19, quando todos os residentes ficaram isolados em Kirtland Commons. 

Cachorra foge de casa para encontrar a dona no trabalho

A dona da cachorra chegou a dizer, em entrevista à emissora WFSB (afiliada à rede CBS), que Indy “é uma ótima cachorra e eu tenho muita sorte de viver com ela”. O animal se tornou uma espécie de mascote da casa de idosos. 

Indy estava na casa dos pais, que vivem em Chester, cidade próxima a Deep River, também em Connecticut. No domingo, 15.8.21, o pai de Liza decidiu dar um passeio com a cachorra. Quando já estavam no carro, ele percebeu que tinha se esquecido da coleira em casa. 

O pai de Liza voltou para buscar a coleira e, minutos depois, ao retornar para o carro, a cachorra havia desaparecido. Compreensivelmente, o homem ficou desesperado e começou a procurar Indy nos arredores, sem sucesso. 

A distância entre Chester e Deep River é pequena – pouco mais de três quilômetros. Mas, para uma cachorra que não conhece e região, foi uma grande aventura sair da casa dos “avós” e tentar encontrar o caminho para Kirtland Commons. 

Mas Indy não apenas refez o caminho para o asilo, como provavelmente quebrou um recorde de velocidade: em apenas 15 minutos, ela estava latindo para chamar a atenção dos idosos de Kirtland Commons. Não se sabe exatamente como ela memorizou o trajeto. 

Os idosos não sabiam o que fazer com Indy e entraram em contato com a administradora do asilo, Joann Hourigan – ela é a diretora executiva do Departamento de Habitação do município. Hourigan ficou intrigada: não poderia ser a cadela de Liza, que estava na cidade vizinha. 

A gestora foi até Kirtland Commons e, para sua surpresa, lá estava Indy, tranquila e sorridente, rodeada pelos moradores. Aparentemente, ter fugido, corrido por três quilômetros pela estrada e chegado ao asilo não significou muita coisa. 

Posteriormente, refeitos do susto causado pela fuga de Indy, Hourigan os pais de Liza tiveram acesso a câmeras de segurança em Chester e na estrada, que comprovam a trajetória de Indy. Ela não parou nenhuma vez no trajeto, como se este já fosse conhecido. 

“Indy é uma cachorra muito inteligente – e muito voluntariosa”, declarou a administradora à reportagem, referindo-se ao fato de que a cachorra decidiu voltar para casa e dirigiu-se a um local em que sabia que seria bem acolhida. 

As imagens mostram Indy correndo pela calçada, chegando a Kirtland Commons e postando-se em frente à porta, que é envidraçada. Um dos residentes percebeu o movimento e deixou a cachorra entrar. Indy se comporta como se nada tivesse acontecido. 

Além de memorizar o trajeto de Chester para Deep River, Indy se familiarizou rapidamente com o asilo em que a tutora trabalha. Liza Thayer foi contratada em abril de 2021 – apenas quatro meses antes da aventura da cachorra. Na época, Indy era um filhote recém-desmamado, com apenas dois meses de idade. 

Hourigan estimulou Liza a levar a cachorra ao asilo, para enriquecer a rotina dos residentes. Desde a primeira visita, Indy se tornou “habitué” de Kirtland Commons. Ela se acostumou tanto ao asilo que encontrou um jeito de ir até ele mesmo a partir de um ponto totalmente desconhecido: a casa dos pais de Liza. 

Liza Thayer viajou na sexta-feira, depois do expediente em Kirtland Commons, e voltou no domingo seguinte à noite. Em apenas dois dias, Indy teve provavelmente a maior aventura de toda a sua vida. Agora, a tutora já sabe onde deixar a cachorra se tiver que se ausentar outras vezes.