Homem chora ao reencontrar seu cachorra após anos perdida

Este homem foi tomado pela emoção ao reencontrar a cachorra perdida alguns anos atrás.

Perder um cachorro é uma experiência traumática e muito triste. Por mais que estejamos atentos aos movimentos dos peludos, muitas vezes eles conseguem escapar, assustam-se e saem correndo em disparada ou são levados por outras pessoas.

Juan é um tutor mexicano que passou dois longos e sofridos anos procurando Luna, uma cachorra sem raça definida – uma vira-lata caramelo – que foi perdida. Juan é prova de que os homens também choram: ele foi às lágrimas no reencontro, que foi gravado e publicado nas redes sociais.

depois-de-anos-homem-reencontra-cachorra-perdida-2

Luna e Juan

Juan é um homem já idoso, já completou 60 anos de vida. Ele encontrou Luna na rua. A cachorra havia sido abandonada e estava perambulando em busca de abrigo e alimento. Mas Juan decidiu leva-la para casa e adotá-la como filha de quatro patas.

O tutor é um homem solitário e a cachorra se tornou a sua grande companheira. Os dois faziam tudo juntos. Luna demonstrou ser amorosa e leal, sempre ao lado de Juan nos momentos bons e ruins da vida.

Certo dia, quando Juan retornou das compras, não conseguiu encontrar Luna em casa. A janela da sala estava aberta, mas a cachorra nunca havia saltado para a rua – ela sempre foi muito dócil e obediente. O tutor ficou desesperado com a ausência.

Juan passou os dias seguintes pedindo informações aos vizinhos. O tutor procurou Luna por todas as ruas do bairro, sem obter sucesso. O homem passou a circular com uma foto da cachorra, que apresentava a todos que encontrava – conhecidos ou não – na esperança de encontrar uma pista do paradeiro da grande amiga. Tudo em vão.

O reencontro

As boas notícias demoraram mais de dois anos para surgir, mas Juan nunca desistiu da fiel companheira – o idoso, aliás, revelou ser portador de uma lealdade canina.

Certo dia, alguns vizinhos foram alertar o homem de que uma cachorra com as características de Luna havia sido avistada em um matagal próximo, onde estão sendo construídas algumas casas populares. Juan, apesar do tempo de separação, não havia perdido a esperança de rever a pet.

Felizmente, a reação de Juan foi filmada por um dos vizinhos, que postou o vídeo das redes sociais. Apenas no Tik Tok, as imagens já foram acessadas por mais de nove milhões de internautas e estão sendo compartilhadas em todo o planeta.

@choco_juancho_hijo

Encuentra a su perra después de 2 años

♬ sonido original – Choco_Juancho_Hijo

Na legenda do vídeo, o tiktoker faz uma pergunta: “Os homens não choram?” – e a atitude de Juan mostra que esta é apenas mais uma grande mentira, repetida tantas vezes que acabou ganhando foro de verdade.

Apesar de idoso, Juan mostrou estar ainda em muito boa forma física. Ele percorreu as ruas do bairro, até chegar ao canteiro de obras onde Luna teria sido avistada. Por alguns instantes, a busca é infrutífera: ele grita chamando a cachorra, mas não recebe nenhuma resposta.

Por fim, depois de entrar e sair do matagal e das construções diversas vezes, sempre correndo, Juan conseguiu avistar a cachorra. Foi preciso chamar Luna muitas vezes – o que o tutor fez a plenos pulmões – para que a peluda se aproximasse.

Então, o choro de desespero de Juan se transformou em um choro de alegria, de emoção. Luna estava assustada, deitou-se no chão e deixou a barriga à mostra, em um gesto de submissão – é como se ela dissesse: “eu não quero briga”.

A cachorra deve ter passado maus bocados na rua, enquanto o tutor aflito seguia tentando encontrar informações sobre o paradeiro da companheira. No vídeo, é possível perceber que ela se apresenta de forma amistosa, para evitar conflitos.

De qualquer forma, não foram conflitos que Luna encontrou, mas apenas os abraços carinhosos de Juan, que não se cansava de beijar e abraçar a cachorrinha – o bem mais valioso de toda uma vida.

Não foi preciso muito tempo para Luna perceber que estava segura. Em poucos instantes, é possível observar a cachorra correndo, abanando o rabo e explodindo de alegria. Provavelmente, ela não conseguiu entender os motivos da ausência, mas ficou muito feliz com a reaproximação. Luna voltou para casa, nos braços do tutor. Ela está em segurança e Juan está feliz pela presença da amiga fiel. Tão cedo, eles não pretendem se separar novamente.

Postagens Relacionadas